Não era acasalamento, mas sim a simulação de um. É o que garante o Bioparque sobre o flagra de dois jabutis em uma suposta cópula na área externa do complexo. A afirmação do local onde vivem os animais gera um plot twist (em tradução livre do inglês: reviravolta na história), já que muitos pensaram até que novos bebês da espécie nasceriam no plantel.

A cena de um jabuti montado no outro foi registrada por visitantes que passeavam pelo complexo em janeiro, durante as da criançada. O vídeo, compartilhado nas redes sociais, viralizou entre os campo-grandenses, que brincaram dizendo que os animais estavam bem “animadinhos” e protagonizaram um “ato obsceno” em público.

Veja:

Reviravolta em suposto acasalamento de jabutis

Só que, ao contrário do que muitos pensaram, a imagem não é de um macho e uma fêmea. Isso porque não há fêmeas de jabutis no Bioparque Pantanal. Conforme explica o biólogo curador do Bioparque Pantanal, Heriberto Gimênes Junior, o plantel de jabutis é composto apenas por indivíduos do sexo masculino.

“Esse comportamento constante que simula a cópula é normal da espécie, onde os machos estão interessados em produzir descendentes. Porém o Bioparque Pantanal tem um papel muito importante na educação ambiental e o jabuti está entre uma das espécies comumente comercializadas de forma ilegal no estado. Criar ou coletar animais da natureza é crime”, diz o profissional ao Jornal Midiamax.

Vale lembrar que os jabutis estão no do período de reprodução, que ocorre de outubro a janeiro. Portanto, a ausência de uma fêmea fez os machos “com vontade” simularem a reprodução entre si. Como nenhuma fêmea foi resgatada impossibilitada de voltar à natureza, o plantel do complexo deverá seguir apenas com indivíduos machos desta espécie.

Segundo a Diretora-Geral do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri, os animais fazem parte de um contexto de educação ambiental e não podem ser reinseridos na natureza. No Bioparque eles recebem todos os cuidados necessários da equipe de bem-estar animal que garantem uma vida de qualidade.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.