“Um dos quebra-cabeças mais intrigantes já publicados”. É assim que muitos críticos e amantes de suspenses definem o livro “A Mandíbula de Caim”, de 1934. Impresso de forma aleatória, o leitor precisa descobrir qual é a sequência correta de seis assassinatos. Até o momento, apenas quatro pessoas teriam desvendado o esquema.

Nesta sexta-feira (9) o MidiaMAIS constatou que o livro está na lista dos mais vendidos da Amazon Brasil, em terceiro lugar no momento. Na internet, o preço dele é, em média, R$ 49,90. Em Campo Grande, das quatro livrarias que a reportagem entrou em contato, só encontrou unidades disponíveis na Maciel, tanto na unidade do Centro quanto do Shopping Norte Sul.

“Este livro nós temos algumas unidades disponíveis. As pessoas estão procurando ele desde dezembro do ano passado. Em janeiro, a procura inclusive aumentou e um monte de gente veio aqui dizendo que somente três pessoas no Brasil conseguiram desvendar o mistério dele. Eu até quero comprar um para minha esposa, ela é boa nisso”, brincou o vendedor Mateus Lucas, de 43 anos.

O vendedor da Hamurabi, também na região central, disse que a livraria está em contato com fornecedores para disponibilizarem o livro para venda. “Eu vejo como mais um hype do que algo inovador. Mas, em breve teremos aqui também. É um livro em que as pessoas vão destacando e emendando as folhas”, comentou.

Suspense policial

O que desperta curiosidade é o fato do leitor precisar descobrir a sequência correta da história. Nas últimas semanas, ele viralizou no TikTok, mostrando que as 100 páginas são impressas aleatoriamente, se tornando um quebra-cabeça literário.

Desta forma, cada um pode montar o seu próprio esquema de investigação. Na rede social, muitos mostram páginas coladas nas paredes e tentando resolver o mistério, contabilizando milhares de visualizações.

O livro foi escrito por Torquemada, pseudônimo de Edward Powys Mathers, responsável por palavras-cruzadas enigmáticas, no jornal britânico The Observer. No Brasil, somente em 2022 ele foi lançado pela Intrínseca, uma editora inglesa que possui o gabarito com a sequência correta do enigma.

Quem souber as respostas, pode enviar para o endereço da editora, no Rio de Janeiro. Se estiver correto, eles entram em contato.

Você conseguiu desvendar o mistério? Conte pra gente!

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.