Quem aí acredita que, na vida, nada é por acaso? É com esta frase intrigante que a escritora espírita Zíbia Gasparetto lançou este livro, no ano de 2005. Agora, 17 anos depois, a história verídica de um casal determinado a dar vida a um sonho, com histórias entrelaçadas, ambição e um desfecho surpreendente, se torna filme com exibição nos cinemas de todo o país.

Em Campo Grande, os adeptos do espiritismo comemoram o lançamento, nesta quinta-feira (17). Veja trailer abaixo. Ao Jornal Midiamax a FEB (Federação Espírita Brasileira) ressaltou que a divulgação séria é sempre bem-vinda, já que as temáticas estimulam desde o início a leitura até a visita a um centro espírita “para estudos e atividades em prol do bem”.

A advogada aposentada Sirlei Golim, de 66 anos, já leu este livro e inúmeros outros da Zíbia. Ela comemorou a estreia no cinema e disse que não vai perder a oportunidade de assistir ‘Nada é Por Acaso’.

‘Tudo tem uma razão de ser’, acredita Sirlei

“Eu acredito muito que, nada é por acaso, tudo tem uma razão de ser, tudo é um acerto de contas que nós temos e por isso mesmo as nossas diversas caminhadas, as caminhadas do espírito. Com isso, a gente acredita que vai e volta, várias vezes, por necessidade do espírito. A Zíbia tem toda razão”, opinou.

Algumas das capas do livro Nada é por acaso. Foto: Divulgação
Algumas das capas do livro Nada é por acaso
Foto: Divulgação

Segundo Golim, é neste processo que a gente pensa, repensa e acerta os nossos erros, nossas falhas.

“E nisso a gente se reencontra com entes queridos, acertamos nossas dívidas e nos harmonizamos e por isso o resgate do carma. Eu vejo assim e sou assim”, comentou.

Sobre o filme, ela ressaltou que é muito importante e ratifica muitos conceitos, tanto para quem acredita como quem não acredita, mas, pode ver a vida por outro ângulo.

“Alguns dizem que o espírito é conformista, mas, de forma alguma. Acredito que a gente tem o sentimento de gratidão, de ir se reencontrando com suas dívidas, indo e voltando sempre no caminho da luz. O que não podemos é nos distanciarmos dela”, finalizou Sirlei, que participa há três décadas da Fraternidade Espírita Ramatis, na avenida Europa, Vila Jacy, em Campo Grande.

‘Espiritismo é um caminho que leva a Deus’, fala presidente

O presidente da casa espírita onde Sirlei frequenta é o servidor público aposentado Valdir Zanin, de 67 anos. Da mesma forma, ele disse que, com certeza, vai assistir ao filme. “Além de confortar os corações, a autora também desmistifica um pouco o espiritismo, principalmente em um país predominantemente católico e evangélico, então, o desconhecimento faz com que as pessoas tenham rejeição, porém, é mais um dos caminhos, são caminhos diferentes que levam a Deus”, explicou.

De acordo com Valdir, o conhecimento enriquece quem assiste. “Muitas vezes, quem chega na casa espírita é porque tem problemas, então, o conhecimento de quem os recebe precisa ser cada vez melhor e a gente tem que estudar cada vez mais e tudo o que vem de conhecimento, nos acrescenta. Muitas vezes a resposta não está só no espiritismo e sim na questão filosófica”, finalizou.

Qual é a história de Nada é por Acaso?

A sinopse conta que Marina (Giovanna Lancelotti) volta de uma viagem, com cinco milhões de reais em sua conta. Agora, ela só quer seguir em frente sem olhar para trás e encarar o que fez. Contudo, os encontros constantes entre Marina, Maria Eugênia (Mika Guluzian), Henrique (Tiago Luz) e o filho do casal não podem ser apenas uma coincidência. As duas mulheres descobrem que estão unidas por laços de amor e amizade que remontam para além dessa vida.

Programação:

Em Campo Grande, as três redes possuem horários de Nada é Por Acaso, a partir desta quinta (17) até o próximo dia 23 de novembro.

  • Rede Cinépolis, localizada no Shopping Norte Sul Plaza, os horários são: 14h40, 17h e 19h20
  • Rede Cinemark, localizada no Shopping Campo Grande, os horários são: 16h55, 18h10 e 20h40
  • UCI, localizado no Shopping Bosque dos Ipês, os horários são: 14h30 e 16h50

Leia também:

Exemplo de caridade, Madre Teresa de Calcutá terá vida exibida nos cinemas