A banqueta/cadeira do episódio passado de ‘Duelo de Marceneiros’ está dando o que falar. É que, segundo os telespectadores, a decisão dos jurados de manter Brendan na competição foi uma grande injustiça com Josué, que seguiu à risca a principal regra do programa: o tema da prova.

Com toda a repercussão, o vencedor do duelo, Brendan, decidiu se manifestar acerca dos apontamentos feitos pelos internautas, que não economizaram comentários criticando a decisão dos três jurados.

Segundo o marceneiro, “não existe, digamos assim, um produto que carregue esse nome que seja apenas aquilo ali. A palavra banqueta não está diretamente ligada a um banco pequeno. Não, ela é muito versátil. E eu quis mesclar. Subi o encosto. Confesso que fiquei muito preocupado com isso, quem assistiu viu que eu fui punido. Como os jurados disseram, a avaliação não é sobre o tópico, é sobre tudo. Eu defendo minha peça a todo custo, eu fiz o meu melhor”.

Brendan aproveitou ainda para elogiar Josué, adversário escolhido a dedo por ele no início da prova. “O meu adversário é um adversário excepcional, eu gosto muito da pessoa dele. A amizade continua normal, a gente está dando risada de tudo o que está acontecendo”.

Calma lá, não é bem assim

Bom, a equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com Josué para saber se a paz reinava entre os dois após o episódio ir ao ar. O marceneiro, por sua vez, explicou que não é bem assim e que os dois não estão “dando risada de tudo o que está acontecendo”.

Segundo Josué, os participantes não ficam juntos no momento em que os depoimentos dos episódios são gravados e por isso ele não fazia ideia das coisas que Brendan havia dito. “Vendo o resultado, as gravações, a produção em si, o episódio, ele [Brendan] fala que ele me escolheu porque conhece meus pontos fracos, meio que desqualificando meu trabalho, minha mão de obra, meu serviço”, explica ele desapontado. “Eu não tive acesso a essas informações antes”, pontua Josué, dando a entender que a relação entre eles ficou estremecida após o episódio ir ao ar.

O marceneiro ainda revelou que Brendan ligou pedindo para que eles se encontrassem e juntos, publicassem um vídeo em clima de amizade. “Ele entendeu que com o julgamento e a opinião negativa do público, se ele for pra e tiver votação do público, ele já está negativo”, especulou.

Ao ser perguntado se os dois de fato gravariam o vídeo juntos, Josué nega categoricamente. “Não. Porque eu entendi que ele quer amenizar a visão dele com o público, porque se ele for pra final, irá depender do público”, declarou.

“Ele também já fez um post dizendo ‘engole o choro'”, comentou Josué rindo.

duelo de marceneiros
Josué, à esquerda, fez uma banqueta, enquanto Brendan, à direita, criou uma cadeira – (Fotos: Alicce Rodrigues, Jornal Midiamax)

O que diz Josué sobre a repercussão?

Perguntado sobre o que ele tem achado de toda a repercussão que o episódio tem gerado, Josué respondeu: “Bem polêmica! Tô recebendo várias mensagens de apoio. O pessoal está revoltado com a escolha dos jurados”.

Ele ainda afirmou que não esperava que a repercussão fosse tão grande e as manifestações tão intensas. “Nem imaginava que o público iria se manifestar tanto. Eu tinha certeza que iria ganhar o duelo, cumpri todos os requisitos da prova com muita qualidade, mas infelizmente os jurados não aprovaram minha peça”.

Lembrando que a esperança de Josué em permanecer no jogo era bem fundamentada. Durante a avaliação, os três jurados se mostraram desapontados com o móvel feito pelo participante Brendan, que acabou entregando uma cadeira em uma prova que exigia a fabricação completa de uma banqueta.

Ainda sem entender os critérios usados pelos jurados para escolher o vencedor do duelo, Josué pontuou: “Eles mesmos entraram em contradição da avaliação. No começo do julgamento eles já falam da questão do adversário ter feito uma cadeira e não uma banqueta, que era a proposta”.

“Na minha visão, não foi uma avaliação justa”, finalizou o ex-competidor.

Banqueta ou cadeira?

Com 2h30 de prova, os dois competidores finalizaram suas peças. No entanto, para Brendan, parece que o tiro saiu pela culatra. Ao tentar inovar no design de sua peça, o marceneiro acabou deixando sua banqueta muito mais parecida com uma cadeira, o que decepcionou os três jurados e foi o principal apontamento em sua avaliação.

“Honestamente, o único defeito do seu trabalho é que ela não é uma banqueta, é uma cadeira. Tu fez uma cadeira”, pontuou Bernado Costa. Para ele, apesar do excelente acabamento, a decisão de colocar um encosto na peça e aumentar as proporções da banqueta fizeram com que Brendan fugisse do tema da prova.

O mesmo afirmou o professor José Fernandes, da Leo Madeiras. “Eu gostei muito da sua cadeira. Mas ela, ao meus olhos, ela é uma cadeira, não uma banqueta”, disse ele, desapontado. “Bem acabada, um design muito bem feito, muito bem estudado (…) mas aos meus olhos você não atingiu, você não fez o que foi pedido neste desafio”, finalizou sua avaliação.

Confira o 3º episódio de ‘Duelo de Marceneiros’

Entenda!

Saiba Mais