Duas horas e quinze minutos envolvido em ação e uma adrenalina envolvente. É assim que, provavelmente, você vai se sentir ao assistir Gran Turismo – De jogador a corredor. Baseado em fatos reais, o filme mostra que o impossível pode acontecer. O próprio piloto, Jan Mardenborough, não esconde a alegria em ter sua história contada nas telonas, a qual conta com elenco de peso, entre eles David Harbour, estrela de Stranger Things, e Orlando Bloom, que teve papel marcante em Senhor dos Anéis.

O filme, inspirado no famoso videogame do console PlayStation, da Sony, começa mostrando a vida de Jann (Archie Madekwe), o qual terminou o ensino médio e passa horas na frente da tela e com o controle nas mãos. Em diversos momentos, entra em conflitos com o pai (Djimon Hounsou), o qual se incomoda com a obsessão pelo jogo de corrida de carros. Incompreendido, percebe que somente o irmão dele é bem-visto, já que o garoto está buscando ser um jogador de futebol profissional e assim realizar os sonhos do pai.

Apenas em um momento, olhando da porta, o pai observa atentamente o jogo e o filho fala: “Todos os outros pilotos seguem a linha. Se eu for por fora, às vezes, eu passo. Se não der certo, é só reiniciar”, comenta. Parece uma frase solta, mas, em certo momento da trama, será muito importante para Jann.

Filme Gran Turismo está em cartaz nos cinemas de Campo Grande (Graziela Rezende, Midiamax)
Cenas de Gran Turismo. (Graziela Rezende, Midiamax)

Neste momento, trabalhando em uma loja de departamentos, ele já tinha conseguido comprar o Gran Turismo, o jogo que ele tanto queria. O filme então vai para outra cena, em que Danny (Orlando Bloom) se apresenta para executivos e surpreende ao sugerir uma competição virtual com os melhores jogadores.

O amigo de Jann então o chama e ele sai correndo do serviço, vendo um e-mail em que é chamado para “uma corrida de verdade” para a Nissan. Danny então convida Jack (David Harbour) para treiná-los. Inicialmente, ele debochou do convite, mas, depois, acreditou verdadeiramente e se tornou uma espécie de coach para o jovem piloto.

Porém, Jann precisou superar outros nove jogadores virtuais e só seguiu adiante ao falar do problema no freio de um dos carros, já que não conseguiu chegar em primeiro lugar. Já com atletas profissionais, o jovem foi alertado sobre preconceito, já que ele era um corredor virtual e estava prestes a se tornar um verdadeiro piloto.

O garoto surpreendentemente vai vencendo diversas etapas, nem sempre em primeiro lugar, porém, o suficiente para se classificar. O sonho, no entanto, se torna perigoso em muitos momentos, quando ele se envolve em um acidente e vai elevando o nível das competições. Em certo momento, no qual precisa correr por 24h com a equipe, Jack diz e ele: “Termina o dia, guarda a noite e luta para sobreviver e ganhar amanhã”, disse.

No próprio Instagram, o atleta postou:

“Meu desejo para as pessoas depois de assistirem Gran Turismo é que vocês criem a sua realidade. Por que não seguir essa paixão ou sonho? Você será chamado de todos os tipos, de obstinado a egoísta, mas acredito que a positividade irradia. Irradia quando estamos fazendo algo proposital. As pessoas percebem. No geral, você terá um resultado positivo no mundo, então, por favor, persista quando estiver difícil. Este filme é um capítulo da minha vida. Minha energia está focada na próxima temporada do automobilismo. Tenho mais trabalho a fazer. Vamos ver”.

Post do piloto, Jann Mardenborough, que inspirou o filme Gran Turismo (Reprodução, redes sociais)

Se você gosta de assistir filmes baseados em fatos reais, não perca! Gran Turismo está em cartaz nos três cinemas de Campo Grande: UCI, Cinemark e Cinépolis.

Leia também: