Você sabia? Delinha cantava em circo com antigo parceiro e já foi confundida com onça

Delinha cantava com o marido e dupla, Délio, e juntos consquitaram público em MT e MS
| 16/06/2022
- 15:01
Délio e Delinha
Capas de discos de Délio e Delinha. (Foto: Divulgação/Recanto Caipira)

A vida de Delinha, a eterna Dama do Rasqueado, é um verdadeiro baú de curiosidades. Na hora da despedida, amigos e familiares contaram sobre momentos vividos ao lado da cantora pantaneira. Aliás, em uma das memórias, relembram que Delinha cantava em circo, junto ao marido e dupla, Délio, sendo que ambos já foram confundidos com 'onças'

Amiga muito próxima, Janaina Costa, de 49 anos, conta que, quando era criança, se mudou para Rondonópolis, em Mato Grosso, antes da divisão do Estado, na década de 70. A mãe dela disse que teria um "show no circo com a presença de um casal de onças", forma como eles eram apresentados pelos divulgadores do circo.

A família foi animada até o espetáculo, acreditando que seriam os felinos, não cantores. Ao subir no palco, a mãe da Janaina ficou aguardando os animais, mas, para surpresa dela, se tratavam de um casal de cantores. "Isso é uma coisa que poucos sabiam. Delinha cantava muito no circo. Ela foi lá com o meu pai e, de repente, eles viram que subiu no palco uma mulher muito linda, que cantava bonito. Sem microfone, com a voz linda”, disse.

Mas foi há cinco anos que conheceu Nina, como era chamada por Delinha, a conheceu com mais intimidade e passou a conviver com ela. Antes, era amiga do dela e depois passou a cuidar dela e a acompanhar nos shows. Nina brinca que 'fazia os gostos’ da amiga, como servir uma dose de whisky com água. “Tinha muito respeito nos shows, pedia descrição na hora de servir a bebida”.

Whisky na estante de Delinha
Whisky na estante de Delinha (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Além da parceria, Janaina diz que Delinha deixa um legado de mulher forte e batalhadora. “Cresci ouvindo histórias dela. Uma vez pediram para ela fazer um café e ela respondeu: faz você, está deitado sem fazer nada. Era uma muito forte”.

Despedida de Delinha

Rodeada de coroas de flores, entre elas, uma em formato de violão, Delinha se despede de familiares, amigos e fãs, nesta tarde de quinta-feira (16), na Câmara dos Vereadores, em Campo Grande. A ‘Dama do Rasqueado’ faleceu na manhã deste feriado de Corpus Christi.

Admiradores da cantora estão muito emocionados durante o velório. Thauanne Castro, 21 anos, é uma das fãs que foi dar o último adeus a Delinha. Ao lado dos pais, a jovem contou ao Midiamax quando começou a sua admiração pela ‘lenda de Mato Grosso do Sul’.

“Com oito anos eu iniciei minha carreira também de cantora ao lado de Delinha, ela foi a minha inspiração. Cantamos juntas em um programa chamado Rancho Caboclo, isso já faz 13 anos. Hoje, quando cheguei perto do caixão, fiquei muito triste e chorei bastante. A Delinha sempre será a nossa rainha e ela não gostava de tristeza. Era uma pessoa que tinha a alegria estampada no rosto. Sempre humilde e carinhosa”, disse Thauanne.

“Com oito anos eu iniciei minha carreira também de cantora ao lado de Delinha, ela foi a minha inspiração. Cantamos juntas em um programa chamado Rancho Caboclo, isso já faz 13 anos. Hoje, quando cheguei perto do caixão, fiquei muito triste e chorei bastante. A Delinha sempre será a nossa rainha e ela não gostava de tristeza. Era uma pessoa que tinha a alegria estampada no rosto. Sempre humilde e carinhosa”, disse Thauanne.

Velório

Secretário de Cidadania e Cultura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Romero anunciou que o velório de Delinha será aberto ao , em Campo Grande. A despedida da cantora será das 11h às 16h desta quinta-feira (16), na Câmara Municipal de Campo Grande.

Além de familiares, fãs, amigos e toda a população poderão acompanhar o velório. Já o sepultamento está marcado para as 17 horas, também desta quinta, no Cemitério Jardim da Paz (BR-060, km 02, saída para Sidrolândia).

Veja também

Esta é a segunda vez em menos de dois meses que Caio Afiune vem a MS

Últimas notícias