Com mais de 10 anos de tradição, a Escolinha Filhos da Misericórdia, localizada na Rua Emiliana Arruda de Araújo, no Bairro Parque do Lageado, vai realizar o ‘Arraiá da Misericórdia’, no dia 25 de junho, aberto para as crianças que o projeto já atende e seus familiares.

A escola faz parte do Instituto Misericordes Sicut Pater, que desde 2013 contribui no suporte às crianças e às famílias dos trabalhadores de material reciclável do Aterro Sanitário de Campo Grande.

O fundador do Projeto, Pe. Agenor Martins da Silva, de 62 anos, explica que nessa festa é usada a moeda social do instituto: “Miserecas”. “Só pelo fato da criança estar presente na escolinha, ela já ganha oito pontos. Se fizer as atividades e se esforçar, comer toda a comida, tiver uma atitude adequada à boa convivência social, ela poderá aumentar seus pontos.”

O padre ainda fez um alerta: “Mas, se brigar, não fazer as atividades, desrespeitar as autoridades, perde seus pontos. E esses pontos são revertidos em uma moeda de valor, que vale somente aqui no Projeto Escolinha Filhos da Misericórdia, demos o nome de Miserecas”, explica.

Para deixar esse dia mais especial para as crianças da instituição, o fundador e seus colaboradores pedem a contribuição da sociedade. “Estamos organizando nossa tradicional Festa Junina para o dia 25 de julho. Precisamos de ajuda para a arrecadação de brinquedos (que podem ser usados) para a pescaria. Também de doces para a barraquinha das Miserecas”, finaliza o fundador.

Para Contribuir, o valor pode ser enviado ao Pix que consta na imagem:

(Texto com supervisão de Thatiana Melo)