Globo 'cancela' e muda cena de Pantanal que torturou e horrorizou o público na 1ª versão

Sequência mostrou Tenório tentando castrar Alcides com faca quente
| 27/07/2022
- 10:37
cena de pantanal
Alcides sendo castrado em 1990 e Juliano Cazarré caracterizado com o personagem do remake - (Fotos: Manchete/Reprodução e TV Globo/Divulgação)

Uma das cenas mais esperadas pelos fãs da novela "Pantanal" é a sequência que mostra a suposta castração de Alcides. Na versão original da Manchete, em 1990, o vilão Tenório tentou decepar o pênis do peão com uma faca quente, após descobrir o caso entre ele e sua Maria Bruaca.

A sequência que "torturou" e "horrorizou" o do folhetim deverá ser amenizada na versão da TV Globo. De acordo com a coluna Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a direção da novela mostrará a agressão de Tenório de forma mais sutil.

Ao invés de exibir o peão sendo mutilado, conforme a coluna, tudo será conduzido pelo olhar e pelo pensamento de Maria Bruaca (Isabel Teixeira), deixando a brutalidade subentendida.

O diretor Davi Lacerda, mesmo que dirigiu o casamento de Juma (Alanis Guillen) e Jove (Jesuíta Barbosa), foi escalado para dirigir a cena da castração e recebeu muitos elogios por sua sensibilidade. A intenção da mudança, segundo a colunista, é "não chocar demais o público" da novela das nove.

Cena de horror

Uma das cenas mais polêmicas da novela "Pantanal" (1990) é a que mostra a castração do peão Alcides (Ângelo Antônio). Na versão original do folhetim, Tenório (Antônio Petrin) decide capar o funcionário após descobrir que ele tem um caso com sua esposa Maria Bruaca (Ângela Leal).

"Primeiro eu capo ele, depois a gente conversa", diz o fazendeiro da versão original de Pantanal no momento da castração. Tenório arma uma arapuca para o peão, prendendo-o numa rede e, em seguida, esquenta um facão no fogo. Com o facão bem quente, ele parte com tudo usando o objeto para arrancar o órgão genital de Alcides.

Bruaca presencia a cena aos prantos, implorando para que o marido não faça aquilo. Amarrado e sem conseguir se defender, Alcides não reage e, aparentemente, tem o pênis decepado. Veja abaixo a cena que torturou o Brasil há 32 anos:

Apesar da sequência impactante, nem tudo foi como pareceu. No final, o público descobriu que a castração não foi bem-sucedida e Alcides preferiu mentir que teve o pênis arrancado.

Depois de matar Tenório, o peão e Maria Bruaca se reúnem para pensar na vida. E é nesse momento que ele confessa que o golpe desferido pelo fazendeiro não foi suficiente para capá-lo. Apesar de ter perdido muito sangue, seu órgão genital não foi afetado. Os dois, então, se abraçam após a revelação.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente ou quer comentar a história acima? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok

Veja também

Confira o passo a passo de como preparar bolinho de bobó em casa

Últimas notícias