Bastaram algumas semanas para Ana Castela, cantora de Mato Grosso do Sul e conhecida por ‘Boiadeira', atingir o número 1 do Spotify das 50 músicas mais ouvidas do Brasil com a canção ‘Pipoco', em parceria com a cantora Melody. Aos 18 anos de idade, ela faz história na regional.

Em entrevista ao portal Splash, Castela comentou o quanto sua vida mudou desde que começou a trabalhar como cantora. Natural de , agora ela está morando em Londrina (PR) e a fazenda do avô, onde ela cresceu e localizada no Paraguai, não consegue visitar há um mês devido aos compromissos profissionais.

“Mudou tudo. Eu era uma pessoa que era muito reservada, na minha. Hoje já não sou. Trabalho com mostrando o que eu faço durante o dia. Estou morando em uma casa diferente, na cidade grande. Minha roda de amigos mudou”, revelou ela ao Splash.

Início da carreira artística

A jovem adentrou o universo artístico aos 17 anos com o primeiro single intitulado ‘Boiadeira'. A música fez sucesso nas redes sociais, especialmente no TikTok, e concedeu a Ana Castela o título de ‘Boiadeira'.

Natural do Estado onde o agronegócio movimenta a economia, já era de se esperar que seu trabalho traria fortes influências sertanejas, o que tem dado certo entre o público feminino mais jovem.

Segundo o site ‘Terra', ela foi uma das grandes apostas da gravadora Warner Music com o lançamento de ‘Boiadeira'.

Depois do primeiro hit, ela lançou o segundo clipe. Neon uniu o sertanejo com música eletrônica. Em ‘Pipoco', Ana Castela abraça ainda mais o musical do Brasil.

Ao site POPline, Melody contou como surgiu a colaboração com Ana Castela. “A música foi uma parceria com a Ana Castela e ela me propôs o feat e eu falei ‘Claro! Vamo nessa!', porque eu gravo um pouquinho de tudo né! Gravo funk, forró, piseiro e aí, eu falei ‘Vamo nessa, vamo gravar um clipe, vamo gravar a música' e bom, foi incrível a gravação, foi tudo ótimo e espero que cresça ainda mais”, disse Melody.