Após demolição de alvenaria, Casa do Artesão pode ficar pronta antes de outubro em Campo Grande

A Casa do Artesão passa por restauro desde o ano passado com investimento de R$ 2,2 milhões
| 04/02/2022
- 19:56
A Casa do Artesão fica na avenida Calógeras
A Casa do Artesão fica na avenida Calógeras, Centro - (Foto: Reprodução)

A Casa do Artesão passa por restauro desde o ano passado com investimento de R$ 2,2 milhões, em Campo Grande. Após a demolição da alvenaria do anexo concluída, que não faz mais parte do complexo histórico, a equipe responsável pela obra acredita que a previsão de entrega do prédio ocorra antes de outubro de 2022.

É o que apontou a arquiteta Gianne Fabian nesta sexta-feira (4). De acordo com a especialista, a Casa do Artesão estava prevista para ficar pronta à população em outubro, mas o Estúdio Serasá, à frente do restauro, está trabalhando para finalizar num período menor de tempo.

“Agora estão raspando as esquadrias, a fachada, onde vai ser feita a restauração. A importância do restauro do prédio se dá pelo seu histórico, vai manter aspectos originais para não perder a história, como era feito antigamente, entregando um espaço mais apropriado para a população, com ambiente de convívio, estimulando as pessoas a fazer a visitação”, afirma a arquiteta.

No entanto, as chuvas têm atrapalhado o restauro da cobertura. Dessa forma, os trabalhos estão focados na parte interna no momento para que, em abril, a área externa seja restaurada.

“Nós vamos retirar toda a tinta acrílica da fachada, aplicar argamassa de cal e silicato de potássio, que permite a transpiração do edifício, aí não vai ficar mais com problemas de umidade”, disse Antonio Sarasá, responsável pela obra.

Nel da Silva Fialho, da aldeia Bananal, e Jamelson Paulino da Silva, da aldeia Lagoinha, são dois índios terena que estão participando do restauro com grafismo nos tapumes da obra.

História da Casa do Artesão

Situada em um prédio centenário de Campo Grande, a Casa do Artesão sempre atuou na comercialização do artesanato de Mato Grosso do Sul. Como ponto turístico, recebe visitantes de todo o mundo que buscam a originalidade e a beleza de peças criadas com matérias-primas e inspiração sul-mato-grossense.

A sede foi construída entre 1918 e 1923 sob as ordens de Francisco Cetraro e Pasquele Cândida, com projeto do engenheiro Camilo Boni. Foi a primeira sede do (cujo cofre é uma das atrações do local), comércio e autarquia pública.

A inauguração do espaço como Casa do Artesão ocorreu em 1º de setembro de 1975. Após restauração e revitalização, o local foi reinaugurado em 1990. A edificação é tombada como patrimônio histórico estadual. A Casa do Artesão fica na avenida Calógeras, nº 2050, Centro.

 

Veja também

Na sequência de vídeos publicadas pela influenciadora digital, ela explicou as duas situações onde teve dados médicos divulgados sem autorização

Últimas notícias