As clínicas odontológicas estão, cada vez mais, adotando a chamada odontologia digital para proporcionar aos pacientes tratamentos mais rápidos além de menos invasivos e dolorosos. Com o advento da tecnologia usando computadores, scanners, impressoras 3D e softwares específicos para dentistas ficou até mais fácil explicar o procedimento para o paciente. 

Além de dar mais celeridade aos tratamentos, os benefícios para o paciente são inúmeros. Para se ter uma ideia, há 20 anos, a dentadura era a única opção para quem perdia dentes definitivos. “Depois, surgiram as próteses móveis e, hoje, ele entra no consultório e sai com uma prótese efetiva reabilitando as funções estéticas, mastigatória e funcional”, ressalta o odontologista Maurício Barreto, diretor-técnico da clínica Implo. 

Odontologia digital traz agilidade para dentistas e pacientes • Foto: Reprodução

 

Uma das pessoas beneficiadas pelo tratamento associado à tecnologia foi a baiana Maria de Fátima Castanho, 62 anos. Nascida em uma família grande – sua mãe teve 21 filhos – e com uma condição financeira limitada, Maria de Fátima não teve acompanhamento dentário até os 16 anos de idade. Sem conhecimento e condições suficientes para cuidar da saúde bucal, perdeu a função oral. “Não podia abrir a boca, pois todos os meus dentes eram estragados”, relembra ao comemorar a possibilidade de sorrir, coisa que não fazia por tanto tempo. 

Em 2006, Maria passou por diversos tratamentos dentários, incluindo implante ósseo e prótese fixa. Graças à tecnologia de ponta e exímio cuidado da equipe que lhe atendeu, ela comemora o resultado estético e de saúde com a volta da função da cavidade oral. “O resultado me deu grande satisfação e autoestima. Hoje consigo ver como é belo meu sorriso”, celebra a paciente.

Odontologia digital traz agilidade para dentistas e pacientes • Foto: Reprodução

 

O odontologista Maurício Barreto foi um dos responsáveis por acompanhar o tratamento de Maria de Fátima. Ele explica que, com a perda dos dentes, as funções da cavidade oral ficam prejudicadas. O ato de mastigar, que é importante para a alimentação, a fala, a apresentação e autoestima ficam comprometidos. Daí a importância de recorrer ao implante dentário.

O especialista sinaliza, também, para possíveis cuidados que os pacientes precisam ter no momento de escolher uma clínica odontológica para se submeter a tratamentos dentários. Na visão experiente do profissional, ele destaca a importância de se informar sobre a formação do corpo técnico da clínica. “Acho que não só em uma clínica odontológica, mas em qualquer serviço de saúde, o primeiro passo é se informar sobre a formação dos profissionais. O segundo é analisar a estrutura de atendimento, instalações, recursos… não é que isso seja o mais importante, mas faz diferença. Pode haver bons profissionais atuando em uma pequena estrutura, mas com a tecnologia que a gente tem hoje, muitos procedimentos só são possíveis quando se está com a estrutura adequada”, reitera o especialista, alertando que, por se tratar de saúde, é preciso ter um cuidado maior com a escolha do profissional que vai realizar o tratamento dentário. 

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil