Governo lança programa de R$ 12 milhões para produção de vídeos e documentários

R$ 12.063 milhões serão destinados para produções de vídeos, documentários e projetos audiovisuais no Centro Oeste
| 03/02/2015
- 15:38
Governo lança programa de R$ 12 milhões para produção de vídeos e documentários

R$ 12.063 milhões serão destinados para produções de vídeos, documentários e projetos audiovisuais no Centro Oeste

O governo do Estado, por meio da TV Educativa e da Fundação de Cultura de Cultura de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine), lança nessa terça (3) a versão regional do programa Brasil de Todas as Telas, que prevê a destinação de R$ 12.063 milhões para produções de vídeos, documentários e projetos audiovisuais no Centro Oeste.

 Em Mato Grosso do Sul parte dos recursos será destinada à produção e finalização de documentários e na produção e desenvolvimento de projetos da TVE. Os investimentos incentivam as produções voltadas às emissoras públicas, incluindo comunitárias, legislativas e universitárias. Produtores independentes, culturais e de agências podem se inscrever até o próximo dia 26.

 Em oficina a ser realizada na terça-feira, a partir das 19h30, no auditório da TVE, o produtor executivo da Unidade Técnica de Execução da Linha de Produção de Conteúdos Destinados às TVs Públicas do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), João Novais, com a presença do diretor-presidente das emissoras do Estado, jornalista Bosco Martins, produtores e autoridades, irá esclarecer aos participantes sobre como elaborar os projetos e captar recursos disponibilizados pela Ancine.

 De acordo com Bosco Martins, os produtores independentes poderão registrar na Ancine até dois projetos, dois longas de ficção ou animação, três curtas, dois projetos de documentários e um longa-metragem, com soma de R$ 600 mil. Para finalização de projetos são R$ 300 mil por filme, dois projetos de produção para a TVE, com R$ 400 mil e três propostas para programa piloto, sendo R$ 240 mil por projeto.

 Segundo o governador Reinaldo Azambuja, a parceria com o programa Brasil de Todas as Telas significa colocar Mato Grosso do Sul na mais importante iniciativa de fomento ao setor audiovisual, que estará investindo em todo o País R$ 2,9 bilhões do FSA.

 “O fomento para a produção de vídeo e documentário é fundamental para a criação regional. As parcerias entre governos e prefeituras vão assegurar a destinação de até R$ 95 milhões em obras selecionadas por meio dessa iniciativa, fortalecida com essas parcerias entre estados, municípios e Ancine”, finalizou Reinaldo Azambuja.

O evento começa às 19 horas no Teatro de Arena da TV Educativa, com apresentação da Orquestra de Camerata, regida pelo maestro Eduardo Martinelli.

Últimas notícias