Mostrando que a culinária brasileira vai muito além do acarajé, feijoada e moqueca de peixe, o prato lusitano que se tornou genuinamente pantaneiro, o sarravulho, está no ranking dos melhores pratos regionais selecionados pela revista Tam nas Nuvens.

A edição deste mês traz o prato de Corumbá – cidade a 444 quilômetros de Campo Grande – e ressalta que não há pantaneiro que negue um bom sarravulho, uma comida forte para carnívoro nenhum botar defeito.

A versão ‘leve’ diz a revista é composta por fígado de boi, paio e bacon. “A mistura resulta em uma refeição equilibrada e suculenta que não agride em nada o paladar. E nem é preciso comer muito para se sentir bem alimentado por um bom tempo”, finaliza o texto.

Os pratos selecionados pela Tam nas Nuvens foram feitos especialmente para a edição da revista pelo restaurante Clully, de São Paulo, mas os editores recomendam viajar para conhecer as especialidades.