Resgate de corpo de menino de 12 anos em rio de MS foi complicado, dizem bombeiros

O resgate do corpo de um menino de 12 anos desaparecido no rio Miranda foi complicado por se tratar de uma área de difícil acesso, em Jardim, a 239 quilômetros de Campo Grande. O afogamento aconteceu no domingo (3) e o corpo foi localizado nesta terça-feira (5). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o […]
| 06/08/2014
- 00:02
Resgate de corpo de menino de 12 anos em rio de MS foi complicado, dizem bombeiros

O resgate do corpo de um menino de 12 anos desaparecido no rio Miranda foi complicado por se tratar de uma área de difícil acesso, em Jardim, a 239 quilômetros de Campo Grande. O afogamento aconteceu no domingo (3) e o corpo foi localizado nesta terça-feira (5).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o local onde aconteceu o afogamento é conhecido como ‘Poço do Angico’ e possui um rebojo (remoinho de água perigoso à navegação) com 13 metros de profundidade.

O menino teria ido brincar no rio junto com amigos e ao mergulhar, não conseguiu retornar à superfície. Um dos colegas percebeu e pediu ajuda em casa. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 11h15 do domingo.

Conforme a corporação, o local é frequentado por pescadores amadores e não é local de banho. A área é de acesso ao rio é de mata fechada e possui apenas estradas vicinais.

Um leitor do Midiamax enviou fotos do trabalho de resgate do Corpo de Bombeiros e do local onde aconteceu o afogamento.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens pelo WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Últimas notícias