Rapaz de 24 anos morreu em frente de uma conveniência depois de levar dez tiros  em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande. Geovane Gonçalves chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O caso aconteceu na noite desta terça-feira (14), na Rua Delfino de Matos, na Vila Operária.

Outros dois homens, Ângelo Aparecido Vitor, 34 anos, e Davi de Souza Seixas, 27 anos, também ficaram feridos e estão internados em observação no Hospital Regional. Geovane foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos, e as outras duas vítimas foram encaminhadas ao hospital pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com o site Jornal da Nova, os rapazes estavam na conveniência quando duas motos se aproximaram com dois ocupantes cada uma e vários tiros foram disparados.

Ao todo, dez disparos atingiram Geovane, que foi baleado em várias partes do corpo como o tórax, o quadril, a perna, o glúteo e o joelho.Ângelo levou um tiro na perna e Davi dois tiros no abdômen.

Segundo o Jornal da Nova, Geovane tinha passagem por homicídio doloso na forma tentada, desacato, desobediência e violência doméstica. Ele chegou a ser preso em flagrante por este último no dia 23 de junho, mas foi solto no dia 29 de outubro. (Com informações Jornal da Nova)