O PR (Partido da República) continua indefinido sobre as eleições deste ano. “Nossas conversas mais avançadas são com Delcídio (do Amaral, pré-candidato do PT), mas há a proximidade política do partido com o governador André Puccinelli”, comentou, na manhã desta terça-feira (13), a vereadora Grazielle Machado (PR).

A certeza do PR, até agora, é pela vaga de vice na chapa majoritária, além de espaço no primeiro escalão do governo, conforme já comentaram lideranças republicanas. Os nomes do partido para a disputa são da própria Grazielle, do pai dela, deputado estadual Londres Machado, e do ex-prefeito de Amambai, Dirceu Lanzarini.

Londres, recordista brasileiro de legislaturas consecutivas (é deputado desde 1971) e aos 72 anos, chegou a falar em aposentadoria. Mas, segundo Grazielle, ela ou o pai podem tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, dependendo da definição sobre a aliança política do partido.

O governador já disse que, “por bem”, o PR estaria fechado com o PMDB, quem tem Nelsinho Trad como pré-candidato. Mas, oficialmente, o partido ainda não indicou de qual lado vai ficar.