Um piloto da Azul evitou uma possível tragédia ao frear o avião durante a decolagem no início da tarde desta quarta-feira. O avião estava programado para deixar às 12h35 o aeroporto de Aracaju, capital do Sergipe, tendo como destino Maceió, Alagoas. O processo de decolagem foi abortado porque houve a identificação de um “potencial conflito de tráfego devido à indicação da presença de outra aeronave”, informa nota da companhia Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

Em vídeo postado nas redes sociais, o passageiro Luciano Cabral mostra o momento em que o piloto relata o ocorrido. Segundo ele, sem a manobra provavelmente haveria uma colisão frontal entre as aeronaves cerca de 20 segundos após a decolagem. O piloto explicou que como o outro avião operava por instrumentos, não estava visível no radar. Mesmo assim, o Sistema Anticolisão de Tráfego identificou a possível colisão, evitando o acidente.

“A outra aeronave estava cerca de 120 metros da gente e a 1 quilômetro de distância do nosso prolongamento. Isso é uma colisão de 20 segundos depois que a gente decola”, relatou o piloto. Ele contou ainda que houve a necessidade de retornar ao terminal para que a equipe da manutenção realizasse uma inspeção na aeronave, em especial nos freios. O voo saiu com uma hora de atraso.

Em nota, a companhia lamenta eventuais transtornos aos seus clientes e ressalta que a ação foi uma manobra de caráter preventivo, executada sem colocar em risco a segurança dos ocupantes e sem causar danos à aeronave.