EUA: hackers invadem rede hospitalar e roubam dados de 4,5 milhões

Uma rede hospitalar nos Estados Unidos foi invadida por hackers e dados de 4,5 milhões de pacientes foram roubados. De acordo com a “CNN”, a rede Community Health Systems (CYH) opera em 206 hospitais em 28 estados, com presença mais forte no Alabama, Florida, Mississippi, Oklahoma, Pennsylvania, Tennessee e Texas. Entre os dados roubados estão […]
| 19/08/2014
- 15:26
EUA: hackers invadem rede hospitalar e roubam dados de 4,5 milhões

Uma rede hospitalar nos Estados Unidos foi invadida por hackers e dados de 4,5 milhões de pacientes foram roubados. De acordo com a “CNN”, a rede Community Health Systems (CYH) opera em 206 hospitais em 28 estados, com presença mais forte no Alabama, Florida, Mississippi, Oklahoma, Pennsylvania, Tennessee e Texas.

Entre os dados roubados estão números do seguro social dos pacientes, seus endereços, datas de nascimento e números de telefone. Qualquer pessoa que foi atendida em hospitais da rede nos últimos cinco anos foi afetada. Essas pessoas, segundo a reportagem, correm alto risco de serem vítimas de fraudes e os criminosos podem usar o número do seguro social para abrir contas no nome de outra pessoa, até pedir cartões de crédito e empréstimos bancários.

Dados pessoais como informações sobre doenças, números de cartão de crédito e históricos médicos não foram acessados.

A CYH já contratou especialistas para investigar o caso. Eles determinaram que os criminosos estava na China e usaram técnicas sofisticadas para lançar o ataque, que ocorreu entre abril e junho deste ano. O FBI também ajuda nas investigações. Segundo o órgão, os mesmos hackers já tinham sido identificados anteriormente realizando espionagem corporativa, tentando obter informações sigilosas de empresas e de outros hospitais.

Os afetados receberão um comunicado da rede, que informou que o malware usado no ataque já foi eliminado do sistema.

Últimas notícias