Entre vários benefícios, especialistas afirmam que a dança promove sucesso nas baladas

Muito praticada por várias culturas pelo mundo afora, além do prazer proporcionado a quem a pratica, a dança traz diversos e variados benefícios aos seus praticantes. A otimização da coordenação motora, do raciocínio rápido, da concentração, da lateralidade (noção de direita e esquerda) e, principalmente, da autoestima são os destaques que podem ser extraídos da […]
| 02/08/2014
- 19:08
Entre vários benefícios, especialistas afirmam que a dança promove sucesso nas baladas

Muito praticada por várias culturas pelo mundo afora, além do prazer proporcionado a quem a pratica, a dança traz diversos e variados benefícios aos seus praticantes. A otimização da coordenação motora, do raciocínio rápido, da concentração, da lateralidade (noção de direita e esquerda) e, principalmente, da autoestima são os destaques que podem ser extraídos da prática.

De acordo com a professora de dança de salão, Regina Bom Bom, esses benefícios são muito claros e facilmente notados em quem começa a dançar. Ela ressalta que a melhoria da autoestima é um dos mais procurados. “Muita gente que não sabe dançar me procura com a intenção de se soltar mais nas baladas. Notem que os homens que dançam bem, sempre estão bem acompanhados com lindas mulheres, eles chamam mais a atenção da mulherada”, conta ela.

Regina destaca, também, que a dança proporciona uma grande queima de calorias e, quando praticada com uma atividade física, promove  perda de peso. A professora lembra que entrou para esse mundo aos 15 anos de idade. Seu pai era puxador de escola de samba e, por isso, ela sempre foi envolvida com a arte. Ela também é conhecida por ter sido madrinha da Escola de Samba da Vila Carvalho, em Campo Grande.

Nesse sentido de melhorias, o aluno de dança de salão, Fábio Lopes, afirma que perdeu a timidez e hoje tem muito mais segurança nas noites. “Antigamente eu ia às baladas e ficava na minha. Hoje eu faço muito mais sucesso. Até para conversar com outra pessoa melhorou”, diz ele. Além disso, Lopes afirma que a dança pode ser usada com uma arma de sedução, quando a pessoa a domina bem.

Já para a administradora Tatiana Guimarães, a prática de dança melhorou a sua concentração. Segundo ela, é ideal para pessoas hiperativas pois é necessário prestar atenção em todos os movimentos.

Últimas notícias