De olho no Ebola, Saúde apresenta protocolo de vigilância em todo o Estado

De olho nos casos suspeitos de terem contraído o vírus Ebola, a Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, divulgou nesta segunda-feira (18), protocolo de vigilância, elaborado com o Ministério de Saúde e as secretarias municipais do Estado. O protocolo, apresentado pela Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica, definirá as ações de cuidado nos […]
| 19/08/2014
- 01:42
De olho no Ebola, Saúde apresenta protocolo de vigilância em todo o Estado

De olho nos casos suspeitos de terem contraído o vírus Ebola, a Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, divulgou nesta segunda-feira (18), protocolo de vigilância, elaborado com o Ministério de Saúde e as secretarias municipais do Estado.

O protocolo, apresentado pela Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica, definirá as ações de cuidado nos 79 municípios, como detecção, notificação, análise laboratorial e encaminhamentos a hospitais.

Prioritários

Após reunião com o Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual definiu nove municípios prioritários para atenderem os infectados pelo Ebola. São eles: Campo Grande, Bela Vista, Bonito, Corumbá, Dourados, Mundo Novo, Ponta Porã, Porto Murtinho e Três Lagoas. Cada secretaria de saúde designará um hospital de sua rede como referência para o atendimento.

Além disso, detalhes como o histórico de viagem para áreas afetadas pelo vírus, a fim de identificar o LPI (Local Provável de Infecção). Assim que identificado, o paciente deve ser monitorado por três semanas, o tempo de incubação do vírus.

Últimas notícias