Geral

Empresário vê Zizao fora do Corinthians em breve

Titular no início do ano e xodó da torcida, Zizao ficou fora da lista de 30 inscritos para a Copa Libertadores e pode estar vivendo seus últimos dias de Corinthians. Sem perspectiva de atuar novamente, ele pode retornar ao seu país natal a pedido do clube chinês que o emprestou à equipe alvinegra até o […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 16h35

None
Titular no início do ano e xodó da torcida, Zizao ficou fora da lista de 30 inscritos para a Copa Libertadores e pode estar vivendo seus últimos dias de Corinthians. Sem perspectiva de atuar novamente, ele pode retornar ao seu país natal a pedido do clube chinês que o emprestou à equipe alvinegra até o fim deste ano.
“No começo do ano eu procurei o Duílio [Monteiro, diretor-adjunto de futebol], expliquei que o clube chinês queria ele de volta porque lá ele é útil e aqui não estava jogando. Ele me disse que era melhor esperar o Paulista para ver o que aconteceria. Ele não vai jogar. Com esse elenco do Corinthians não dá”, explicou Flávio Pires, empresário que representa o Shanghai Shenxin no Brasil.
O clube chinês emprestou Zizao para o Corinthians até o fim deste ano. Segundo Pires, toda e qualquer negociação com o atacante tem de passar por ele. Quando chegou ao Brasil, o jogador chegou a receber uma ajuda do empresário para se adaptar.
Hoje, Zizao vive com a família de um amigo chinês em Arujá, município da Grande São Paulo, e não tem um empresário pessoal. O Corinthians, por meio do diretor de futebol Roberto de Andrade, diz não ter recebido nenhuma proposta por Zizao. Sua exclusão da Libertadores, no entanto, é um sinal de que ele não deve ser aproveitado por Tite.
O treinador preferiu apostar em jovens da base na Libertadores em detrimento de Zizao. Paulo Vitor, por exemplo, sequer chegou a ser utilizado por Tite neste ano, mas ganhou uma chance entre os 30, enquanto o chinês seguirá seus treinamentos sonhando apenas com mais uma participação no Campeonato paulista.
O atacante, contratado por iniciativa do departamento de marketing do clube no início do ano passado, nunca foi uma opção real de Tite. No início deste ano, com os titulares ainda em pré-temporada, ele ganhou sua primeira chance de fato no clube e não desagradou. Apesar das limitações técnicas, deu uma assistência e caiu nas graças da torcida. 
Jornal Midiamax