Geral

Para Vander, foi André quem traiu Lula e Dilma ao apoiar José Serra nas últimas eleições

A respeito da declaração do governador André Puccinelli, de que “petistas de Mato Grosso do Sul envenenaram Lula e Dilma”, veiculada nesta quinta-feira (10) na imprensa regional, o deputado federal Vander Loubet (PT-MS) ironizou o peemedebista. “Não é nada disso. O governador André fez uma escolha política nas eleições passadas: a de apoiar a oposição ao presidente […]

Arquivo Publicado em 11/02/2011, às 11h14

None

A respeito da declaração do governador André Puccinelli, de que “petistas de Mato Grosso do Sul envenenaram Lula e Dilma”, veiculada nesta quinta-feira (10) na imprensa regional, o deputado federal Vander Loubet (PT-MS) ironizou o peemedebista.


“Não é nada disso. O governador André fez uma escolha política nas eleições passadas: a de apoiar a oposição ao presidente Lula, representada pelo José Serra. Logo, se alguém abandonou ou traiu alguém nessa história, foi o André. Quando buscava recursos federais, sempre recebeu ótimo tratamento do Governo Federal. Os traídos e abandonados nessa história foram o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma”, afirma Vander.


“Não adianta agora o governador querer posar de vítima, querer dizer que a Dilma foi a noiva que o abandonou. Ele apoiou politicamente o candidato derrotado nas eleições. Sendo assim, vai receber o tratamento de um governador que não vê nossa presidenta como a melhor pessoa para ocupar o Palácio do Planalto”, completa o parlamentar.


O deputado Vander ainda enfatizou que a população sul-mato-grossense não precisa se preocupar com as possíveis divergências políticas entre André e o Governo Dilma. “Felizmente, a presidenta Dilma não faz discriminação político-partidária em sua forma de governar. Além disso, temos uma bancada federal muito atuante na defesa dos interesses de Mato Grosso do Sul em Brasília”, finaliza.

Jornal Midiamax