Geral

Lula falou da crise econômica e de política em visita, diz Maia

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS) e do Senado, José Sarney (PMDB-AP), estiveram hoje (11) em São Bernardo do Campo (SP) para visitar o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que está em tratamento contra um câncer de laringe. Após quase duas horas e meia de visita, Maia deixou o […]

Arquivo Publicado em 11/11/2011, às 23h22

None

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS) e do Senado, José Sarney (PMDB-AP), estiveram hoje (11) em São Bernardo do Campo (SP) para visitar o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que está em tratamento contra um câncer de laringe. Após quase duas horas e meia de visita, Maia deixou o apartamento de Lula e falou com a imprensa na frente do prédio onde o ex-presidente mora. Segundo ele, Lula “está muito bem, de vento em popa”.


“Ele está muito alegre, muito disposto. É óbvio que ele, como qualquer um de nós, sente os efeitos de uma quimioterapia. Quem já passou por um tratamento desta natureza sabe que não é um tratamento simples e fácil e que tem repercussões no humor”, disse Maia. Segundo ele, Lula manifestou mais uma vez o desejo de comer “uma boa picanha, gorda”.


Segundo Maia, durante a visita, os três conversaram sobre a crise econômica mundial e os impactos que ela pode ter no Brasil. A queda de ministros do governo Dilma Rousseff não foi tema da visita, mas as eleições municipais foram tratadas. “Eu informei a ele que fizemos ontem (10), na minha residência em Brasília, um café da manhã com a bancada petista de São Paulo, quando selamos o acordo (para Fernando Haddad concorrer às eleições em São Paulo). Ele comemorou bastante”.


“Ele disse que agora a tarefa do Haddad será procurar todos os partidos que estão na base de sustentação da presidenta Dilma, o que inclui também o PMDB, com a possibilidade de uma aliança em São Paulo”, disse Maia.


Durante a visita, Maia, Sarney, Lula e a esposa do ex-presidente, Marisa Letícia, posaram para uma foto junto com a imagem de Nossa Senhora Aparecida. “Muito emocionado, ele disse que aquela santa estava dando muita energia e força para este momento que ele estava vivendo”, disse Maia


Aos jornalistas, Maia também disse que a Desvinculação de Recursos da União (DRU) terá que ser votada ainda este ano. “Estamos trabalhando na Câmara para que ela seja votada ainda este ano, até porque é uma necessidade do país. Estamos enfrentando uma crise financeira mundial sem precedentes, que ninguém sabe quanto tempo vai durar”.


Ontem (10), Lula recebeu a visita da presidenta Dilma. Na sexta-feira passada, o ex-presidente recebeu a visita da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e do ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República.


O ex-presidente foi diagnosticado no último dia 29 de outubro com um tumor de aproximadamente três centímetros na laringe e, no dia 31 de outubro, começou a fazer um tratamento quimioterápico.


O presidente do Senado deixou o local sem falar com a imprensa.

Jornal Midiamax