Funcionária de uma loja da Claro, que fica no centro de Campo Grande, denunciou uma cliente no final da manhã desta terça-feira (30) após ser chamada de “pretinha do pé rachado”.

Conforme informações policiais, a mulher, de 48 anos, foi até a loja e perguntou a um dos vendedores sobre a jovem, referindo-se a ela com termos racistas. Ela alegava que seu aparelho estava com defeito.

Depois, quando a jovem chegou, a autora disse que ela era culpada pela demissão de uma outra funcionária do local, e chamou-a novamente de “pretinha do pé rachado”.

A jovem registrou queixa por injúria racional na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.