Elias Pereira da Silva, conhecido como “Elias Maluco”, é transferido na manhã desta quinta-feira (18) para o Presídio Federal de Campo Grande. Segundo o delegado de Polícia Federal Washington Clark, atual diretor do Presídio Federal, o avião com o preso está no Aeroporto Internacional de Campo Grande.
Além de Elias Maluco, outro preso vindo da Bahia e que não teve o nome divulgado é transferido para o presídio. 
O acusado de sequestrar, torturar e assassinar o jornalista Tim Lopes estava no Presídio Federal de Porto Velho. O delegado disse que a operação faz parte do sistema adotado para evitar fugas, chamado de “rodízio de presos”.
“Elias Maluco”
Elias Pereira da Silva, o “Elias Maluco”, é um dos maiores traficantes de drogas e armas do Rio de Janeiro. Integrante da facção criminosa Comando Vermelho juntamente com  Fernando da Costa, o “Fernandinho Beira-Mar”, Elias comandava o tráfico nas favelas das imediações do Complexo do Alemão e Penha.
Ele é acusado de seqüestrar, torturar e assassinar com requintes de crueldade o jornalista Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento, o Tim Lopes, da Rede Globo, que na ocasião fazia reportagens sobre prostituição,abuso sexual de menores e tráfico de drogas nas favelas do complexo da Vila Cruzeiro, bairro da Penha. 
Ele foi capturado pela policia na manhã do dia 19 de setembro de 2002.