Nos dias 1 e 2 de setembro, das 7 às 17 horas, acontece a III Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Confedpi/MS), com o tema: “O Compromisso de Todos por um Envelhecimento Digno no Brasil”. O objetivo é debater temas relevantes para o campo do envelhecimento, assim como os avanços e desafios da Política Nacional do Idoso, na perspectiva de sua efetivação.

A Conferência é uma realização do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedpi), por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), com a finalidade de sensibilizar a sociedade para o contexto de envelhecimento da população brasileira.

Mobilizar a população brasileira, especialmente a idosa, para a conquista do direito ao envelhecimento com dignidade, além de fortalecer o compromisso dos diversos setores da sociedade e do poder público com o atendimento, a defesa e a garantia dos direitos da pessoa idosa, indicando prioridades de atuação para os órgãos governamentais, nas três esferas de governo e avaliar a implementação e a efetivação da Política Nacional do Idoso.

O público alvo será composto por conselheiros estaduais e municipais do idoso, do movimento de pessoas idosas, outros conselhos, órgãos gestores, representantes dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, imprensa, profissionais da área, universidades, sociedade civil e ONG’s.

Temas:

Os trabalhos foram organizados em quatro eixos temáticos:

1- Envelhecimento e Políticas de Estado: pactuar caminhos intersetoriais;

2- Pessoa idosa: protagonista da conquista e efetivação dos seus direitos;

3- Fortalecimento e integração dos Conselhos: existir, participar, estar ao alcance, comprometer-se com a defesa dos direitos dos idosos;

4- Diretrizes Orçamentárias, Plano Integrado e Orçamento Público da União, Estados, Distrito Federal e Municípios: conhecer para exigir; exigir para incluir; fiscalizar;

Outros sub-eixos poderão ser definidos pela respectiva Comissão Organizadora, buscando a efetivação dos direitos dos brasileiros da cidade, do campo e das comunidades tradicionais de envelhecer com: justiça, saúde, previdência social, assistência social, educação, cultura, esporte, lazer, habitação, transporte, acessibilidade e ainda implementar ações efetivas de enfrentamento a violência contra a pessoa idosa e de promoção de uma cultura da paz.

A Conferência será na Universidade Católica Dom Bosco – Auditório do Bloco C. avenida Tamandaré, 6.000 – Jd. Seminário.