Adir Conceição Correa será julgado na manhã desta quarta-feira (24), na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. Ele é acusado de matar a facadas e pauladas Nilton Antonio dos Santos no dia 10 de setembro do ano passado na Vila Popular, em Campo Grande. O acusado teria golpeado por diversas vezes a vítima por motivação fútil.

Segundo os autos, o crime teve motivação fútil, pois o réu teria assassinado a vítima em razão de um desentendimento sem grande importância, além de utilizar recurso que dificultou a defesa da vítima por tê-la atacado repentinamente, pegando-a de surpresa.

O acusado foi preso em flagrante logo após o crime e permaneceu preso até o julgamento. Nas alegações finais, a defesa requereu a liberdade provisória de Adir, mas, mesmo não possuindo antecedentes criminais, o juiz indeferiu o pedido por permanecerem idôneos os elementos que justificaram sua prisão.