Zeca ainda não faz idéia de quanto vai custar a sua campanha para governador

O ex-governador Zeca do PT ainda não sabe quanto vai custar a sua campanha na tentativa de retornar ao comando do Estado. “Não faço idéia do custo”, disse Zeca que esteve na noite deste sábado em Dourados participando de um jantar na casa do ex-vereador peemedebista Eduardo Marcondes com um grupo de ex-militantes do PMDB. […]
| 07/03/2010
- 19:10
Zeca ainda não faz idéia de quanto vai custar a sua campanha para governador

O ex-governador Zeca do PT ainda não sabe quanto vai custar a sua campanha na tentativa de retornar ao comando do Estado.

“Não faço idéia do custo”, disse Zeca que esteve na noite deste sábado em Dourados participando de um jantar na casa do ex-vereador peemedebista Eduardo Marcondes com um grupo de ex-militantes do PMDB.

Zeca afirmou que nesta segunda-feira acontecerá a primeira reunião do GTE (Grupo de Trabalho Eleitoral) do (PT) Partido dos Trabalhadores para começar a definir as estratégias de campanha e fazer o levantamento dos custos para disputar o Governo do Estado com chances de vitória.

Na opinião do ex-governador o diferencial da campanha eleitoral deste ano será o debate público com a sociedade e a conversa ao pé de ouvido com os eleitores nas ruas. Para Zeca o horário eleitoral gratuito no rádio e televisão será o mais importante palanque para a exposição de idéias.

“Nossa intenção é mostrar ao eleitor a diferença entre o nosso projeto e o do atual governador” disse Zeca que pretende desmascarar o que ele chama de “farsa” que emana do Parque dos Poderes.

Com relação à escolha do candidato a vice-governador na chapa petista Zeca insistiu na teses de que o escolhido deve estar com os pés fincados no segmento do agronegócio. O líder petista prefere que o vice seja filiado ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) que já ofereceu três opções.

Nos últimos dias o ex-governador esteve visitando vários municípios da região de Amambaí onde recebeu expressivo apoio de prefeitos e vereadores do PR (Partido da República).

O prefeito de Amambaí Dirceu Lanzarini considerado como uma das mais expressivas lideranças da região confirmou adesão a candidatura de Zeca trazendo consigo o apoio de grande número de políticos do PR e de vários partidos.

Em Amambaí, Tacuru, Coronel Sapucaia e Aral Moreira o ex-governador Zeca do PT ganhou a adesão das lideranças que em sua opinião ao fazer comparação entre o seu governo e o de Puccinelli optaram pela primeira opção.

“Com o apoio de Lanzarini vamos investir nas bases partidárias da região de fronteira para fortalecer nosso projeto de retornar ao Governo do Estado”, finalizou Zeca ao destacar que o prefeito amambaiense teve importância na capital quando ocupou uma secretária no seu governo.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias