Geral

Rapaz planeja morte de namorada flagrada na cama com outro em Campo Grande

Os investigadores da Segunda Delegacia de Campo Grande elucidaram uma tentativa de homicídio contra Ana Claudia Rodrigues Nunes, 19 anos, no dia 12 de dezembro, no bairro José Abrão. O inusitado é que o próprio namorado da jovem planejou sua execução com a ajuda de uma irmã da vítima. Alex de Souza Sorrilha, 19 anos, […]

Arquivo Publicado em 30/12/2010, às 18h42

None

Os investigadores da Segunda Delegacia de Campo Grande elucidaram uma tentativa de homicídio contra Ana Claudia Rodrigues Nunes, 19 anos, no dia 12 de dezembro, no bairro José Abrão. O inusitado é que o próprio namorado da jovem planejou sua execução com a ajuda de uma irmã da vítima.

Alex de Souza Sorrilha, 19 anos, alega que arquitetou a morte da namorada depois de tê-la flagrado com outro homem. O adultério, segundo o rapaz, foi na cama dele, mas não soube precisar o dia.

O delegado Fábio Anderson, disse que Alex confessou ter marcado um encontro em frente a uma conveniência, no bairro José Abrão. Ele ligou para Ana Claudia, que ao chegar ao local combinado foi atingida por disparos de arma de fogo efetuados por Diego Barros Duarte, 18 anos. Diego é casado com uma irmã de Alex.

“Eu disse pra ela que estava de caminhonete nova e ela veio que veio”, disse Alex na tarde desta quinta-feira durante coletiva de apresentação. O rapaz estava cumprindo pena de tentativa de homicídio contra um policial, no Instituto Penal de Campo Grande e ganhou o direito de sair no dia 3 de dezembro, ou seja, nove dias antes do crime contra a namorada.

Um dos tiros atingiu a jovem na cabeça. Ela foi socorrida em estado grave pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa de Campo Grande, onde continua internada.

Após atirar contra a vítima, Diego fugiu em um veículo Fiat Pálio, branco, dirigido por Samantha Veron Barros, de 28 anos. A condutora é irmã de Ana Claudia, por parte de pai. “Eu mesmo que dei o tiro. Se soubesse que não tinha morrido, tinha arrancado a cabeça dela. É vagabunda”, disse o atirador.

Tanto Diego quanto Alex dizem não estarem arrependidos do crime. Já Samantha nega sua participação. O ex-namorado mandante do crime ainda faz ameaças: “se ela sair (viva) eu vou pegar e arrancar a cabeça dela”, disse.

Os três envolvidos na tentativa de homicídio estão presos e na tarde desta quinta-feira foram apresentados a imprensa, durante coletiva. os dois homens estão detidos na 2ª DP e Samantha no Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi.

Jornal Midiamax