Geral

Garota é assassinada em Pedro Juan Caballero

Cíntia Mabel Brizuela Roblero, 29, que seria funcionária de uma boate localizada entre a Avenida Dr. Francia e Rua Comuneros, no centro de Pedro Juan Caballero (Paraguai), foi assassinada com um disparo de revólver, possivelmente calibre 38, quando passava entre as ruas Cerro León e Humaitá, no bairro Mariscal Etigarríbia. O crime ocorreu no início […]

Arquivo Publicado em 18/10/2010, às 00h40

None

Cíntia Mabel Brizuela Roblero, 29, que seria funcionária de uma boate localizada entre a Avenida Dr. Francia e Rua Comuneros, no centro de Pedro Juan Caballero (Paraguai), foi assassinada com um disparo de revólver, possivelmente calibre 38, quando passava entre as ruas Cerro León e Humaitá, no bairro Mariscal Etigarríbia.


O crime ocorreu no início da manhã de hoje (17), por volta das por volta das 5h50, e teria sido praticado por um homem ainda não identificado pela polícia. O disparo atingiu Cíntia na altura do no olho esquerdo. Segundo familiares, a vítima saiu de sua residência, na Rua Alberdi, bairro Guarani, por volta das 20h de ontem e não voltou.


A polícia já sabe que na noite de ontem a vítima estava em companhia de um homem a bordo de uma motocicleta Kenton, cor preta. Populares que residem próximos de onde ocorreu o crime, disseram aos policiais que ouviram o disparo e que na seqüência, uma motocicleta com as mesmas características foi vista fugindo do local.


O médico forense (legista) César Villagras esteve no local acompanhado pelo fiscal (promotor de Justiça) Sixto Celso Marin, que determinou o levantamento do corpo da vitima e o seu translado à morgue (necrotério) do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, para ser entregue à família.

Jornal Midiamax