A pouco mais de um mês para o fim do prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda, contribuintes com baixos rendimentos aproveitam ação gratuita, promovida neste sábado (20), em Campo Grande, para regularizar a situação junto à Receita Federal.

O objetivo da ação, realizada no Pátio Central Shopping em parceria com a rede Nafe (Núcleo de Apoio Contábil) da Uniderp, é contribuir para que a população possa cumprir com as obrigações fiscais. Os serviços são oferecidos a pessoas com rendimentos tributáveis de até R$ 42 mil e microempreendedores individuais com renda de até R$ 81 mil.

“Esse é um trabalho que oferecemos pelo projeto Nafe, que é um convênio entre o instituto educacional de a Receita Federal, no qual prestamos serviços com viés fiscal. Hoje estamos fazendo orientações e a entrega do Imposto de Renda dos contribuintes que nos procuram para isso”, explica a contadora Luciana Rocha da Silva.

Célia Ribeiro de Moraes é aposentada e aproveitou o serviço oferecido neste sábado para fazer a declaração. “Meu marido soube da ação e me avisou. Já sai daqui com tudo certinho. Meu Imposto de Renda está declarado”, relata.

Contribuinte estava com CPF pendente Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

O vigilante Paulo César dos Santos descobriu que estava com o CPF (Cadastro de Pessoa Física) pendente e procurou atendimento para resolver o problema.

“Meu gerente do Banco me ligou porque eu estava com CPF irregular. Fui na Receita Federal e lá soube desta ação. Hoje vim e resolvi isso. Agora só falta pagar uma multa porque não fiz a declaração do ano passado, mas sai daqui até com a guia. Esse serviço é muito bom porque sozinho eu não conseguiria resolver”, afirma.

A atendente Luzia Madalena de Andrade também procurou o serviço para realizar a declaração do Imposto de Renda, no entanto, não conseguiu concluir a declaração porque possui renda acima do limite estabelecido para atendimento nesta ação.

Atendente não conseguiu concluir declaração porque cota ultrapassava os R$ 42 mil (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

“Minha renda ultrapassa os R$ 42 mil. Mas já fui orientada e vou procurar a Receita Federal porque lá eles também realizam esse serviço, porém para contribuintes com renda de até R$ 50 mil. Vou fazer por lá”, explica.

Declaração do Imposto de Renda

Vale lembrar que a data limite para entrega das declarações de Imposto de Renda é o dia 31 de maio. Quem não entregar dentro do prazo, está sujeito a multa mínima de R$ 165,74 e valor máximo correspondente a 20% do Imposto sobre a Renda devido.

A expectativa é que em 2024 sejam entregues 623.365 declarações em Mato Grosso do Sul. No ano passado, o montante de documentos chegou a 596.568.