Um dia após anunciar a demissão de Thiago Carpini, o São Paulo se aproximou de um acerto com o técnico argentino Luis Zubeldía. O argentino de 43 anos está sem clube desde a saída da LDU, do Equador, em dezembro do ano passado. O Estadão apurou que as conversas estão “fluindo bem” e existe a possibilidade de o profissional desembarcar no Brasil neste fim de semana. Há otimismo entre as partes por um acordo.

Esta não é a primeira vez que o nome de Zubeldía aparece no noticiário tricolor. Antes de fechar com Carpini, em janeiro, a diretoria estudou a contratação do argentino. Contudo, o candidato brasileiro ganhou a confiança de Muricy Ramalho, atual coordenador técnico do clube, e foi o escolhido para suceder Dorival Júnior, que aceitou convite para treinar a seleção brasileira no início do ano.

À época, Muricy criticou Zubeldía pela falta de celeridade nas conversas, chegando a dizer que o argentino estava “com muita pose”. Na ocasião, o também chegou a consultar as situações de Juan Pablo Vojvoda, do , e o português Pedro Caixinha, do Red Bull Bragantino, mas ambos recusaram o convite.

Medalhões foram descartados pelo Tricolor

O nome do técnico espanhol Rafa Benítez, ex-Liverpool e Chelsea, chegou a ser ventilado no clube antes mesmo da demissão de Carpini ser anunciada. Contudo, a reportagem apurou que a possibilidade de um acerto com o medalhão europeu estava “completamente descartada”.

Nas , torcedores iniciaram um movimento pedindo a contratação do português José Mourinho, ex-Real Madrid e Inter de Milão, mas os valores de uma eventual negociação estão totalmente fora da realidade do mercado brasileiro. A Roma, último time do “Special One”, gastou R$ 96 milhões com a comissão técnica do profissional na última temporada, aproximadamente R$ 8 milhões por mês, quase o triplo do que ganha Abel Ferreira e seus auxiliares no Palmeiras, mais bem pagos do País.

Quem é Luis Zubeldía

Zubeldía conquistou a Copa Sul-Americana com a LDU em 2023. O time equatoriano bateu o Fortaleza nos pênaltis após empatar por 1 a 1 no tempo normal. Para avançar à decisão, a equipe de Quito eliminou justamente o São Paulo, no Morumbi, também nas penalidades.

Zubeldía também foi o responsável por liderar a LDU ao título do Campeonato Equatoriano no ano passado.

O treinador argentino também acumula passagens por Lanús, Barcelona da Guayaquil, Racing, Cerro Porteño, além de um trabalho na , dirigindo o Alavés. Zubeldía teve de encerrar a carreira precocemente, aos 23 anos, por causa de uma grave lesão na perna. Em 2008, se tornou o técnico mais jovem da história da elite do futebol argentino, com apenas 27 anos.