Mesmo depois de ter vencido o Real Madrid por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal da Copa do Rei, no Santiago Bernabéu, o técnico Xavi, do Barcelona, usou a capacidade dos rivais em reverter resultados adversos como argumento para apontá-los como favoritos. Assim, a análise provou-se bastante sensata nesta quarta-feira (5), no Camp Nou.

O Real venceu os barcelonistas por 4 a 0, na partida de volta. Dessa forma, alcançou a vaga para enfrentar o Osasuna na decisão do torneio nacional.

Vinícius Júnior e Benzema, autor de um hat-trick, marcaram os gols do massacre.

O resultado interrompeu uma série de três vitórias seguidas do Barcelona no El Classico. Além do triunfo no encontro anterior pela Copa do Rei, o time catalão venceu a equipe de Carlo Ancelotti no Campeonato Espanhol e na decisão da Supercopa da Espanha.

Assim, se o Barcelona tivesse vencido nesta quarta, seria a primeira vez na história que somaria 4 triunfos seguidos sobre o rival em uma mesma temporada.

Confiantes em razão do triunfo no primeiro jogo e do histórico positivo, os torcedores culés fizeram festa nas arquibancadas. Dessa forma, no décimo minuto, começaram a gritar o nome do astro Lionel , com futuro incerto no Saint-Germain. A situação vem dando força para especulações de que ele estaria voltando ao Barcelona.

O nome do argentino voltou a ser ouvido, dessa vez em um protesto esperançoso, quando o disparou no placar.

Real Madrid e Barça começaram clássico com nervosismo

O primeiro tempo teve o clima típico de um clássico, com nervosismo de ambos os lados e cartões amarelos distribuídos pelo árbitro para tentar acalmar os ânimos. Assim, os minutos iniciais tiveram um Barcelona mais ativo no campo de ataque, propondo o jogo e levando riscos reais ao gol de Courtois. Contudo, não manteve a postura e ainda foi em desvantagem para o intervalo.

Vinícius Júnior abriu o placar aos 45min, após puxar contra-ataque e finalizar a jogada aparecendo na área para colocar na rede. O chute saiu fraco e Benzema chegou a chutar a bola para estufar a rede. Como ela já tinha cruzado a linha, o gol foi mesmo do brasileiro.

A autoria do gol não foi um problema para o atacante francês, que acabaria a partida como protagonista de um hat-trick.

A aniquilação dos barcelonistas começou aos quatro minutos do segundo tempo. No lance, Benzema recebeu passe de Modric e finalizou da entrada da grande área para acertar o canto direito de Ter Stagen.

Sete minutos depois, Vinícius Júnior, que vinha infernizando a defesa adversária, foi derrubado na área por Kessié e o árbitro marcou pênalti. Benzema bateu e converteu. Um belo passe do brasileiro concluído ao gol pelo francês, aos 35 minutos, fechou a goleada.