No duelo de dois times que esperam ser algo além de coadjuvantes no Campeonato Brasileiro, o Red Bull Bragantino venceu o Bahia por 2 a 1, de virada, neste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid, na rodada de abertura. O jogo foi equilibrado e o time paulista carimbou a faixa do tricolor baiano, que na semana passada conquistou seu 50º título estadual. Além disso, manteve o tabu em casa, chegando à sua oitava vitória, contra sete empates e nenhuma derrota no confronto com o rival.

O primeiro tempo foi de poucas emoções, apesar do esforço do time da casa para tentar ser mais agressivo. Mesmo assim, só criou duas chances que exigiram boa presença do goleiro Marcos Felipe. A primeira, aos 30, num chute à queima-roupa de Bruninho, após recuo de cabeça errado de Gabriel Xavier. O outro foi um chute forte de Laquintana que o goleiro baiano espalmou para escanteio, aos 42.

Na primeira chance que chegou ao ataque, o Bahia abriu o placar aos 44. Yago Felipe fez levantamento longo na costas da defesa, quase na linha de fundo, Thaciano ajeitou de peito e colocou no outro lado da área, onde Everaldo bateu de voleio para fazer 1 a 0. Este é o 10º gol dele na temporada.

Atrás no placar, restou ao Bragantino voltar marcando pressão. Desta forma, chegou aos empate aos oito, quando Yago Felipe perdeu a bola para Bruninho, que carregou a bola, driblou o goleiro e um zagueiro com passadas largas antes de finalizar para o gol.

O time paulista estava melhor em campo, mas quase que o Bahia marcou o segundo gol aos 21 minutos, num contra-ataque. Ademir ganhou na corrida da defesa, entrou na área e chutou em cima do goleiro Lucão, que fez grande defesa.

Três minutos depois outro lance rápido do Bragantino, que virou o placar, aos 24. Mosquera invadiu a área tabelando e tocou por cobertura na saída de Marcos Felipe. A bola tocou na mão do goleiro e na trave antes de Eduardo Sasha aparecer com a sola da chuteira para empurrar a bola para as redes. Primeiro gol do estreante, vindo do Atlético-MG.

Atrás do placar, o técnico português Renato Paiva, enfim, soltou seu time, deixando na frente uma linha de três atacantes na tentativa de explorar a saída de bola adversária. As oportunidades apareceram, mas a marcação estava atenta e o goleiro Lucão fez duas boas defesas que garantiram a vitória.

Na segunda rodada, o Bragantino vai até a Arena para enfrentar o Cuiabá, que perdeu na estreia para o Palmeiras, por 2 a 1, no Allianz Parque. O jogo será disputado do próximo sábado, dia 22, às 18h30. Antes disso, na terça-feira, dia 18, vai receber o Oriente Petrolero, da Bolívia, pela segunda rodada da Sul-Americana.

O Bahia terá mais tempo para se preparar porque vai pegar o Botafogo, em (BA), somente no dia 2, segunda-feira, às 20h, na Arena Fonte Nova.