Lionel Messi sabe que sua responsabilidade em brilhar no Paris Saint-Germain aumentará bastante com a ausência de nos próximos quatro meses – o brasileiro passará por cirurgia no tornozelo. Com jogo decisivo nesta quarta-feira na Liga dos Campeões, na casa do Bayern e com desvantagem de 1 a 0, o capitão mostrou confiança em classificação e afirmou que o time está pronto para fazer um bom papel em Munique.

Devolver o placar de 1 a 0 leva a decisão para a prorrogação. “É muito difícil de vencer naquele estádio (Allianz Arena), mas acho que chegamos bem e conseguimos reverter a situação. Eu me sinto muito bem e a equipe em geral mudou nos últimos jogos. Estamos muito animados para continuar na Liga dos Campeões”, disse Messi, em entrevista exclusiva às páginas oficiais do PSG

Apesar de frisar sobre as dificuldades, Messi aposta que os três resultados positivos em sequência serviram para reerguer o moral do elenco. O PSG fez 4 a 3 no Lille, 3 a 0 n o Olympique de Marselha e 4 a 2 no Nantes.

“Conseguimos vitórias importantes para reforçar a ideia de o time ir em busca da classificação em Munique. Vai ser um jogo muito equilibrado, difícil, como o primeiro, em que tudo foi decidido por pequenos detalhes”, afirmou o jogador. “Acho que no último jogo melhoramos ainda mais, depois da boa apresentação contra o Marselha. Evoluímos, estamos bem e faremos tudo o que pudermos para tentar reverter a situação contra o Bayern de Munique e passar da fase, que é o objetivo de todos.”

O astro argentino ainda se mostrou mais solto e entrosado no PSG após um ano duro de adaptação em Paris. “Sinto-me muito bem no PSG. Custei mundo no primeiro ano para me adaptar a Paris, mas agora me sinto bem, com muita vontade, confortável no clube e na cidade. Estou gostando muito, essa temporada comecei de forma diferente e com muito entusiasmo.”

O campeão mundial ainda falou sobre a decisão entre Argentina e , do companheiro Mbappé, na do Catar. “Foi uma final de tirar o fôlego, louco como o jogo se desenrolou. Ele já ganhou e sabia o que é ser campeão mundial, mas foi uma bela final para o mundo do futebol e agora também é bom poder compartilhar o mesmo time e poder fazer grandes coisas aqui em Paris.”

Saiba Mais