fez história no Campeonato Brasileiro Muay Thai e Muay Boran, realizado no último fim de semana em Sapucaia do Sul, no . A delegação sul-mato-grossense subiu ao pódio 17 vezes e garantiu vagas para o Campeonato Mundial na Tailândia.

Com as vitórias, MS conquistou o segundo lugar na classificação geral por equipes. Ao todo, foram 11 medalhas de ouro e seis de prata, dos 20 atletas que integraram o grupo, 17 subiram ao pódio.

Um dos destaques foi Mateus Augusto , conhecido como Cebola, que não apenas conquistou o cinturão profissional na categoria de 71 kg masculino, mas também garantiu sua vaga no Campeonato Mundial que acontecerá de 2 a 5 de fevereiro de 2024, em Bangcoc, na Tailândia.

Mateus destaca que está ansioso para conhecer a Tailândia, berço do Muay Thai, e disputar sua primeira competição internacional.

“Fiz duas lutas com lutadores bravos demais, um do Rio Grande do Sul e outro de Santa Catarina. A primeira luta ganhei por pontos e a segunda por nocaute técnico. A expectativa para o ano que vem está boa, pois tenho bons treinadores comigo e meu psicológico está confiante que vamos trazer esse título também”, disse o lutador.

Outro destaque da competição foi Iuri “Gordão,” que conquistou o segundo lugar na disputa pelo cinturão na categoria até 100 kg, garantindo também sua vaga no Mundial de Muay Thai na Tailândia. A equipe técnica foi formada por Lucas Mendes (Campo Grande), Rafael Moreira (Anaurilândia) e João Marcos (Selvíria).

A Federação de Muay Thai Tradicional de Mato Grosso do Sul anunciou que todos os medalhistas do estado estão classificados para o campeonato mundial no berço da modalidade. Mateus e Iuri competirão na categoria profissional, enquanto os outros atletas disputarão na amadora.

A equipe contou com o apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, e Cidadania).

Confira todos os medalhistas no Campeonato Brasileiro Muay Thai e Muay Boran:

Ouro

Mateus Augusto Miranda – 71 kg (disputa de cinturão)

Jeferson Dias de Souza – 81 kg adulto

Luiz Felipe Rodrigues Antoniassi – 75 kg adulto

Maria Eduarda Soares – 51 kg cadete

Franciny Lopes da Silva – 60 kg júnior

Victor Hugo de Souza Lima – 13 anos cobaia

Ton Lara Bueno – 63 kg júnior

Kawan Bobadilha Cavalheiro – 51 kg júnior

Letícia Brasileira de Castro Bezerra – 100 kg adulto

Renata Junqueira – 51 kg adulto

Cleyton Gutieres – 100 kg adulto

Prata

Iuri Gordão – 100 kg adulto (disputa de cinturão)

Danilo Barros da Silva – 67 kg adulto

Arthur Jesus de Oliveira – júnior 63 kg

Andreia Beatriz Ferreira de Cesare – 54 kg adulto

Gabriel Dalmaso Arce – 54 kg adulto

Cleberson Bassi – 81 kg adulto