Fora da presidência da Real Federação Espanhola de (RFEF) desde o beijo sem consentimento dado na atacante Jenni Hermoso, Luis Rubiales foi banido por três anos pela , conforme anunciado nesta segunda-feira. A punição foi baseada no artigo 13 do código disciplinar da entidade, que descreve “violações de regras básicas da conduta decente” e “comportamentos que tragam descrédito ao futebol ou à Fifa”. Dentro de 10 dias, o dirigente pode solicitar detalhes do veredicto e entrar com um recurso.

Rubiales beijou Hermoso no dia 20 de agosto, durante a celebração do título da Copa do Mundo Feminina conquistado pela seleção espanhola. As imagens geraram repercussão negativa em todo o mundo e o dirigente se defendeu dizendo que o ato havia sido consentido. Chegou, inclusive, a se pronunciar em uma assembleia geral da RFEF, na qual disse que não renunciaria e que sentia-se uma vítima do que chamou de “falso feminismo”.

As declarações fizeram Hermoso, que estava se preservando, posicionar-se de forma contundente ao lado das companheiras de Espanha, pedindo a saída do dirigente. Caso contrário, o grupo campeão do mundo não serviria mais a seleção espanhola. Pouco tempo depois, diante da recusa de Rubiales, a Fifa decidiu suspendê-lo preventivamente enquanto investigava o caso.

A conclusão veio nesta segunda, com a decisão de bani-lo por três anos, mas ele já havia abandonado o cargo no dia 10 de setembro. “Após a suspensão dada pela Fifa e todos os casos levantados contra mim, está claro que não conseguirei retornar ao posto”, declarou na ocasião. O agora ex-presidente da RFEF também responde a um processo na Justiça da Espanha, por agressão sexual e coerção.

Rubiales teve de renunciar também à vice-presidência da Uefa, cargo pelo qual recebia 250 mil euros por ano. Ao decidir sair dos holofotes, disse que não queria atrapalhar a candidatura da Espanha para sediar a Copa do Mundo masculina de 2030 ao lado de Portugal e Marrocos. No início deste mês, a proposta de sede foi escolhida pela Fifa, com uma adaptação que incluiu jogos na Argentina, e Uruguai na primeira rodada.

Saiba Mais