Duas duplas brasileiras se despediram do Mundial de vôlei de praia, disputado em Tlaxcala, no México, nesta sexta-feira. Tainá e Vic foram eliminadas nas quartas de final, enquanto Pedro Solberg e Guto caíram na chave masculina, na mesma fase. Com estas quedas, o Brasil é representado agora por apenas uma na competição que dá vaga nos de Paris-2024.

Tainá e Vic foram as primeiras a jogar nesta sexta. Elas enfrentaram as americanas Hughes e Cheng e acabaram perdendo em sets diretos, com parciais de 21/14 e 21/16, pelas quartas de final. As jogadoras dos formam a parceria número três do mundo, segundo o ranking da Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Na sequência, Pedro Solberg e Guto também não conseguiram vencer um set sequer nesta sexta. Eles foram batidos outra dupla americana, formada por Crabb Tr e Brunner por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/14.

Mais cedo, a dupla favorita no masculino também se despediu nesta sexta. Atuais campeões mundiais e olímpicos e líderes do ranking, os noruegueses Mol e Sorum foram superados pelos checos Perusic e Schweiner nas quartas de final por 2 sets a 1.

Com os resultados do dia, sobrou apenas uma dupla nacional no Mundial disputado no México. Trata-se de Ana Patrícia e Duda, que são as atuais campeãs mundiais e líderes do ranking feminino Elas entrarão em quadra pelas quartas de final no sábado. A dupla nacional vai enfrentar as holandesas Stam e Schoon.