Douradense, o goleiro João Paulo do Santos comentou nesta terça-feira (03) sobre a falta de jogadores de futebol durante o velório e cortejo do caixão de Pelé. O velório aconteceu na Vila Belmiro de onde houve o cortejo até o cemitério Memorial, onde o maior jogador de todos os tempos foi sepultado

Um dos maiores destaques do Santos neste ano de 2022, João Paulo falou em entrevista ao SporTV: “É o mínimo que a gente pode fazer. É o maior jogador de todos os tempos, um ídolo do clube. Assim como eu, ele fez muitos torcedores virarem santistas. Infelizmente tive um problema na e acabei chegando um pouco tarde. Mas deu tempo de vir prestar minha homenagem. Acho que sim [faltou a presença]. É o maior jogador do planeta e de todos os tempos. Ninguém vai chegar aos pés dele. Pela representatividade que ele tem no mundo do futebol e esportivo, acho que as pessoas deveriam olhar um pouco mais para o lado dele”

O ex-jogador Neto, também fez em seu programa, Donos da Bola, na TV Bandeirantes: “Pra você Kaká, que disse que esse país não tem a história de reverenciar seus ídolos. Você foi no cortejo? Foi no velório? Não. Você, Ronaldinho, que sempre falou do Pelé, você foi? Não. Neymar, você tá de folga hoje, só tem jogo na sexta, poderia ter vindo, não veio. E as informações que tenho é que o PSG não proibiu. Cada um que fique com sua história. Na você dançou com o metatarso quebrado. Poderia ter vindo, pegado avião, descido em Guarulhos e ido para Santos de helicóptero”.