O Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol conhecerá neste domingo (16) seus dois finalistas. Em confrontos às 15h, Dourados, Operário, Costa Rica e Ivinhema vão duelar não apenas pelo título estadual, mas pelo passaporte para competições nacionais em 2024.

Apesar de os primeiros jogos darem vantagem ao Galo e à Cobra do Norte, a classificação segue em aberto. Isso porque os critérios de desempate da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) privilegiam o “conjunto da obra” em cada fase. Inclusive na definição dos finalistas.

Assim, vitória não é o bastante. Os critérios de desempate, caso cada time vença uma partida, incluem o número de vitórias e saldo de gols, que se anulam em caso de placares iguais; número de gols a favor; confronto direto; número de cartões vermelhos e de cartões amarelos –quanto menos, melhor. Caso o empate persista, a decisão fica para o sorteio da FFMS.

Operário e Costa Rica em vantagem para serem finalistas

Após vencer o DAC no Jacques da Luz por 2 a 1, saindo assim em vantagem na disputa pela vaga, o Operário viaja para Dourados. A vantagem do empate está com o Galo de Campo Grande. Contudo, por ter melhor campanha nas quartas da competição, o DAC –único time na briga a vencer os 2 jogos, batendo o Coxim– ganhou o direito de decidir em casa.

O Azulão do Vale visita o Costa Rica no Laertão para tentar reverter a vantagem para a Cobra do Norte, que venceu o confronto do último final de semana no Saraivão por 1 a 0. Na primeira fase ,o Crec saiu como líder do Grupo A. Porém, o avanço para as semifinais só veio pelo saldo de gols: perdeu por 1 a 0 para o Aquidauanense fora e bateu o adversário por 2 a 0 em casa.

Já o Ivinhema, que chegou à Série A após briga na Justiça Desportiva, venceu a Serc por 3 a 0 no jogo de ida, em Costa Rica, mas foi derrotada por 4 a 2 em casa. O melhor saldo de gols (5 a 4 no placar combinado) garantiu a classificação do Azulão do Vale.

Finais serão realizadas em 23 e 30 de abril

A disputa entre os finalistas do Sul-Mato-Grossense estão marcadas para os dias 23 e 30 de abril. Os mandos de campo dependem do resultado das semifinais –o clube com melhor classificação, considerando os critérios de desempate, fará o jogo decisivo em casa.

Além do título, o campeão Sul-Mato-Grossense tem garantida as vagas na Série D do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil –ambas garantidas pelo ranking de Federações da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), na qual a FFMS é a antepenúltima colocada. Campeão e vice também podem disputar a Copa Verde.