Com trégua do calorão atípico que marcou a mudança de estação no mês de setembro, nesse domingo (1), centenas de douradenses ocuparam parte da Marcelino Pires, durante a 1ª Beneficente da Família na cidade. O evento, que também homenageia a Guarda Municipal, abriu espaço para cadeirantes com guias e teve percurso kids.

A largada aconteceu na Praça Antônio João e seguiu pela principal avenida da cidade até a Coronel Ponciano, com chegada na mesma praça, onde aconteceu a entrega de medalhas do 5 KM e também do percurso para crianças a partir de 3 até os 14 anos.

“Trouxe meus dois filhos. Um deles é autista e ficou muito feliz em poder participar com as outras crianças. Que tenhamos mais momentos de inclusão como este que vivenciei com ele aqui em pleno centro da cidade”, disse a moradora de Dourados.

“Espero que esse movimento aconteça todos os anos e cresça cada vez mais porque além de fortalecer a união das famílias, incentiva a prática dos esportes e também contribui para que as pessoas adquiram hábitos mais saudáveis que melhorem a qualidade de vida e o bem-estar de todos”, comenta o pediatra Gustavo de Lara.

Morador em , mas com consultório e atendimentos em hospitais de Dourados, Gustavo e a esposa Suzy e os filhos Lívia de 17 e Pedro Lucas de  3 anos e a cachorra poodle toy ‘’Belinha’ participaram da primeira edição que aconteceu em Dourados.

“Energia boa que o nos dá”

Além de participantes das cidades vizinhas, a corrida contou com a participação efetiva de um grupo de campo-grandenses. Uma delas foi Dona Leiva. Com 83 anos ela viajou mais de 400 quilômetros entre ida e volta para participar da atividade esportiva junto com amigos.

“Estamos extremamente honrados com as homenagens aqui recebidas em nome da nossa instituição. Isso é um sinal de que estamos prestando bons serviços para a nossa cidade ao  longo desses 28 anos de existência”, explica a comandante da Guarda Municipal de Dourados”, Liliane Graziele Cespedes de Souza Nascimento.

A Corrida Beneficente também movimentou especialistas em corridas de ruas. “Como é bom poder compartilhar momentos como este com a família e a família da corrida. Domingão começou do jeito que a gente gosta. Essa energia boa que só o esporte nos dá. Que seja a primeira de muitas que estão por vir”, comentou Gigi Bittencourt, empresária de assessoria esportiva, uma das parceiras dos do evento.

“Quero ser grato a todos que me auxiliaram de forma voluntária para que a gente pudesse realizar um evento que com certeza irá fazer parte do calendário não só esportivo, mas também social da cidade. Tivemos em torno de 300 inscritos entre adultos, crianças e portadores de necessidades especiais”, disse o coordenador da 1ª Corrida Beneficente de Dourados, Luccas Gomes, ressaltando ainda o apoio da Funed, Fecomércio Sesc e Fundeportes.

Saiba Mais