O triunfo do poderia ter sido mais tranquilo nesta quarta-feira, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time baiano teve três gols anulados, corretamente, mas conseguiu superar o Internacional pelo placar mínimo de 1 a 0 na Arena Fonte Nova, em , e se manteve fora da zona de rebaixamento. O gol da vitória foi marcado por Biel, na reta final do primeiro tempo.

Com o resultado positivo, o time de soma 31 pontos e aparece em 13.º lugar, a um ponto do Santos, que abre a zona da degola, mas ainda atua na rodada. Já o Internacional segue oscilando. Após vencer o clássico Gre-Nal por 3 a 2, não conseguiu embalar e ocupa a 12ª posição, com 32 pontos.

A partida começou com o freio de mão puxado. Priorizando a marcação, tanto o Bahia, quanto o Internacional pouco se aventuraram no ataque. Luiz Adriano até teve a chance de abrir o marcador para os visitantes, mas o seu chute acabou travado na hora certa. Já os donos da casa chegaram na bola parada, em cobrança de falta de Cauly, mas sem muito perigo.

Onde sobrava disposição, faltava técnica. Com muitos erros de passes, a bola era quem sofria no gramado. Além da falta de qualidade, os times pouco ousavam quando chegavam próximos a área. Na reta final, o primeiro chute ao alvo, resultou em gol. Biel recebeu na intermediária, avançou sem marcação e bateu rasteiro para vencer Keiller, aos 43 minutos, deixando o Bahia em vantagem para o intervalo.

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo voltou animado. Com um minuto, Thaciano chegou a ampliar para o Bahia, mas o VAR apontou impedimento de Kanu, na origem da jogada. O Internacional respondeu com Mercado, que cabeceou na trave. No contragolpe, Cauly chegou a balançar as redes para os donos da casa, mas novamente foi anulado por impedimento. Logo depois, Biel cruzou para Cauly e desta vez Keiler cresceu para evitar o gol.

O Bahia seguiu ofensivo. Thaciano saiu em velocidade e marcou mais uma vez, porém, pela terceira vez o time baiano teve o gol anulado por impedimento. Os gaúchos por pouco não empataram em arremata de Maurício, que tirou tinta da trave. A reação do Internacional acabou freada aos 37, quando Lucca acabou expulso após acertar uma cotovelada em Vitor Hugo. Com um a mais, o Bahia aproveitou os espaços e controlou o resultado até o apito final.

Na próxima rodada, o Bahia segue na Fonte Nova, quando recebe o Fortaleza, às 18h30 do sábado. Já o Internacional atua no domingo, às 16h, quando encara o Santos, no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 0 INTERNACIONAL

BAHIA – Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo (Raul Gustavo) e Camilo Cándido; Rezende, Thaciano (Rafael Ratão), Yago Felipe (Acevedo) e Cauly (Lucas Mugni); Biel (Luciano Juba) e Everaldo. Técnico: Rogério Ceni.

INTERNACIONAL – Keiller; Bustos, Vitão, Mercado e Dalbert (Hugo Mallo); Gabriel (Rômulo), Maurício (Gabriel Barros), Bruno Henrique (Pedro Henrique), Wanderson e Alan Patrick; Luiz Adriano (Lucca). Técnico: Eduardo Coudet.

GOL – Biel, aos 43 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Rezende (Bahia); Vitão (Internacional).

CARTÃO VERMELHO – Lucca (Internacional).

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (CE).

RENDA – R$ 863.928,00.

PÚBLICO – 31.385 total.

LOCAL – Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Saiba Mais