O Náutico de Campo Grande foi absolvido pelo TJD/MS (Tribunal de Justiça Desportivo de Mato Grosso do Sul), nesta quarta-feira (23), da acusação de escalar um jogador irregular na Série B Estadual.

Com a decisão, o Alviverde vai ocupar a vaga deixada pelo Naviraiense no Estadual Série A de 2023. Segundo o Arquibancada MS, a decisão teve base no entendimento que o atleta punido no Estadual Sub-20 deveria cumprir a punição em competição da mesma categoria e não na Série B.

A acusação partiu do Ivinhema, maior interessado na punição, que ficou em 4º lugar na 2ª divisão e iria subir para a 1ª caso o time da Capital fosse punido. Esta será a primeira vez do Náutico na principal competição de futebol de MS. Da decisão, cabe recurso, que o Ivinhema já anunciou que irá interpor.

Estadual da 1ª divisão 2023

A Série A terá a volta dos grupos na primeira fase e do mata-mata na fase final em 2023, conforme o Arquibancada MS.

Na primeira fase serão dois grupos. O grupo A terá Operário FC, Comercial, Serc, Costa Rica e Coxim, enquanto no grupo B estarão Aquidauanense, Dourados, Operário AC, Novo e Náutico.

Os clubes terão até 45 dias antes do início do torneio para desistirem da disputa. O campeonato deve começar em 22 de janeiro.