O ciclismo e o wrestling (luta olímpica) garantiram, nesta segunda-feira (12), mais quatro pódios para Mato Grosso do Sul nos Jogos da Juventude 2022, em Aracaju (SE). Com estas conquistas, o Estado já soma 14 medalhas na maior competição para atletas jovens do país, ultrapassando a marca da última edição (12 medalhas), realizada em Blumenau (SC), em 2019.

O sul-mato-grossense Marciel Martinez Gonçalves retornará com a bagagem mais pesada para casa, com duas medalhas de ouro. Após ter subido ao lugar mais alto do pódio no estilo livre, no domingo (11), o atleta de 16 anos voltou a ser campeão, desta vez na luta greco-romana, na categoria até 110 kg.

Momento único na vida de Marciel, que pratica a modalidade há cerca de quatro e compete pela primeira vez nos Jogos da Juventude. “Felicidade muito grande, treinei duro para isso. Esses jogos serão um degrau a mais na minha carreira”, diz o estudante-atleta, que teve de virar a luta final para sair com o ouro.

medalhas
Marciel e Luan faturaram medalhas no Wrestling (Foto: Divulgação/ )

“Meu professor [Agnaldo Santos] fala sempre para darmos o nosso melhor até o final da luta. Então, na hora eu pensei nele e fiz isso. Estava perdendo, dei o meu melhor até o fim e deu tudo certo”, conclui Marciel.

Também no wrestling, Luan Alves Cabral conseguiu medalhar pela segunda vez na competição. Prata no estilo livre, agora o lutador de Mato Grosso do Sul terminou com o bronze na categoria até 55 kg. O wrestling se despede dos Jogos nesta terça-feira (13), com os embates por equipes. Mato Grosso do Sul faz parceria com o e vai em busca de mais pódios.

Ciclismo

No ciclismo, mais duas para Mato Grosso do Sul no quadro geral de medalhas e com direito a pódio compartilhado, no segundo dia de disputas. Na prova individual por pontos (australiana), Peterson Augusto Fernandes (17 pontos) e Thiago Onofre Boazal (14 pontos) faturaram prata e bronze, respectivamente, atrás apenas do sergipano Daniel Lima, que chegou a 53 pontos. Nesta terça-feira (13), acontece a última prova da modalidade, a de resistência.

medalhas
Mato Grosso do Sul compartilhou pódio no ciclismo (Foto: Divulgação/Fundesporte)

Já na capital sergipana, as equipes feminina e masculina de basquetebol e handebol também estreiam nesta terça-feira (13). Na primeira divisão, o basquete masculino encara o Paraná, enquanto as meninas, na segunda divisão, enfrentam o Tocantins. O handebol feminino de Mato Grosso do Sul começa sua participação nos Jogos da Juventude diante do Distrito Federal. Por sua vez, o masculino terá pela frente o Amazonas.

Marca de medalhas superada

Até o momento, Mato Grosso do Sul conquistou 14 medalhas nos Jogos da Juventude 2022, sendo quatro de ouro, cinco de prata e cinco de bronze. Há três anos, na última edição do evento, em Blumenau (SC), o estado alcançou 12 medalhas (dois ouros, uma prata e nove bronzes), levando em consideração apenas a faixa etária de 15 a 17 anos, já que a competição também reunia estudantes-atletas com entre 12 e 14 anos.

Os Jogos da Juventude 2022 são realizados pelo COB (Comitê Olímpico do Brasil) e reúnem mais de quatro mil atletas de 1.856 escolas, que representam todos os estados do país e o Distrito Federal em 16 modalidades.

A delegação sul-mato-grossense, no total, tem 134 participantes, somando-se todas as etapas, coordenados pela Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de MS). O evento multiesportivo termina no dia 17 de setembro.

Confira todas as medalhas asseguradas por Mato Grosso do Sul até agora nos Jogos da Juventude 2022:

14 medalhas: 4 ouros, 5 pratas e 5 bronzes

Ouro – Isabela Rosa Dantas, no lançamento do dardo (atletismo)

Ouro – voleibol masculino – terceira divisão

Ouro – Marciel Martinez Gonçalves – estilo livre até 110 kg (wrestling)

Ouro – Marciel Martinez Gonçalves – estilo greco-romano até 110 kg (wrestling)

Prata – Amanda Campos Abdallah, nos 200 metros borboleta (natação)

Prata – Bruna Ramos Scaff, nos 200 metros borboleta (natação)

Prata – futsal masculino – segunda divisão

Prata – Luan Alves Cabral – estilo livre até 55 kg (wrestling)

Prata – Peterson Fernandes – prova por pontos (ciclismo)

Bronze – Ana Laura Pereira Cordeiro, nos 800 metros (atletismo)

Bronze – voleibol feminino – segunda divisão

Bronze – José Luiz Prado – estilo livre até 65 kg (wrestling)

Bronze – Thiago Boazal – prova por pontos (ciclismo)

Bronze – Luan Alves Cabral – estilo greco-romano até 55 kg (wrestling)