De MS, atletas de xadrez se destacam em Campeonato Brasileiro em São Paulo

Atletas ganharam de competidores com mais experiência
| 21/06/2022
- 19:36
De MS, atletas de xadrez se destacam em Campeonato Brasileiro em São Paulo
(Foto: Divulgação/Funesp)

Os atletas de xadrez Erik Kazuhiro Shikasho e Mariana Mayumi Shiguematsu Yassud retornam a Campo Grande com a classificação de 5º lugar na classificação geral do Campeonato e do 4º lugar no feminino do Brasileiro 2022 de Xadrez.

Erik, de 14 anos, ficou em 5º lugar na disputa geral. “Foi uma emoção muito grande, porque disputei com jogadores que têm um nível muito acima do meu. Foi um aprendizado. Eu não tinha um objetivo tão grande, porque sabia que era uma categoria muito difícil e isso me motivou a estudar para conseguir jogar de igual com os adversários. Eu ganhei de jogadores muito mais fortes que tinham muita experiência”, cita ele, lembrando que competiu com um jogador de 85 anos que disputou no mundial de 1990.

O atleta disputou na categoria amador 2300, que é a categoria mais forte. Erik ficou em 5º lugar na geral, entre 32 competidores. O ritmo da disputa foi o clássico, que leva o tempo de 4 a 6 horas em cada partida.

Quem também participou da disputa foi a atleta xadrezista Mariana Mayumi Shiguematsu Yassud, de 12 anos. De 11 competidoras, Mariana conquistou o 4º lugar no feminino e ficou em 34º na categoria 1600.

“Era um torneio muito forte. Treinei para dar o meu melhor”, disse Mayumi que treina cinco vezes por semana e busca ser jogadora profissional. A competição aconteceu nos dias 16 a 19 de junho, em São Paulo.

Auxílio Atleta

O auxílio surgiu por meio da Lei nº 6.754, de 20 de dezembro de 2021. Para receber o recurso, o atleta deve ser brasileiro nato ou naturalizado, possuir mínima de oito anos, residir no município há mais de um ano e estar em plena atividade esportiva para participar de competições.

O requerimento de concessão deverá ser apresentado à (Fundação de Municipal de Esporte) com até 60 dias de antecedência da competição. Devem ser anexados documentos que comprovem a condição de atleta, calendário do evento, relação dos gastos e comprovante de matrícula em instituição de ensino (para atletas menores de 18 anos).

O valor máximo de custeio de despesa por atleta é de 5 mil reais. Para saber a lista completa de documentos que são necessários basta acessar este link.

Veja também

Pâmela Rosa fica na 2ª posição, com japonesa Momiji Nishiya sendo 3ª

Últimas notícias