Costa Rica busca primeira vitória do Brasileirão Série D nesta quarta-feira

Time de Costa Rica é o representante de MS no Brasileirão
| 27/04/2022
- 15:35
Costa Rica Brasileirão
Costa Rica Esporte Clube (Foto: Divulgação/ Crec)

Passado o Campeonato Sul-Mato-Grossense, o agora foca na disputa da Série D do de Futebol 2022. O Crec estreou com derrota na competição.

O representante sul-mato-grossense enfrenta o Ação (MT), no Laertão, em Costa Rica, nesta quarta-feira (27), pela segunda rodada do grupo A5.

Ao lado de seu torcedor, a Cobra do Norte vai em busca da primeira vitória no Brasileirão, após ter perdido na estreia para o Ceilândia (DF), por 1 a 0, no dia 17 de abril.

O Ação (MT) tem o mesmo objetivo. O time mato-grossense foi derrotado em casa para o Grêmio Anápolis (GO), por 3 a 1, na rodada inaugural do Brasileirão.

Brasileirão Série D

A equipe de Mato Grosso do Sul está no grupo A5 do Brasileirão, que também tem Anápolis (GO), Iporá (GO), Operário (MT) e Brasiliense (DF). A segunda rodada da chave teve início no último fim de semana, com três jogos: Operário (MT) 0 x 0 Anápolis (GO), Grêmio Anápolis (GO) 0 x 0 Ceilândia (DF) e Brasiliense (DF) 2 x 2 Iporá (GO). Confira a classificação do grupo neste link.

Ao todo, 64 clubes disputam a competição neste ano, divididos em oito grupos. De acordo com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a Série D será realizada de 17 de abril a 25 de novembro. Na primeira fase, os times jogam entre si, com duelos de ida e volta. Os quatro melhores de cada chave avançam ao “mata-mata”.

Etapas

As quartas de final, etapa que define os quatro clubes que serão promovidos à Série C, vão ocorrer de 20 e 27 de agosto. A final do campeonato será disputada nos dias 18 e 25 de setembro.

O campeão será premiado pela CBF com R$ 320 mil e um automóvel, o vice-campeão receberá R$ 250 mil, além de automóvel. O terceiro colocado embolsará R$ 150 mil e o quarto, R$ 100 mil.

Para participar da competição, a equipe tem o apoio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), que destinou R$ 490 mil ao clube, via convênio.

*Com informações da Fundesporte.

Veja também

Não foi a estreia que o Fortaleza esperava nas oitavas de finais da Copa Libertadores...

Últimas notícias