Com mais de 13 mil torcedores nas arquibancadas do Estádio Brinco de Ouro – o melhor público bugrino na temporada – o Guarani se despediu com vitória da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de fazer um jogo truncado, o time campineiro conseguiu vencer a Chapecoense, com um gol de cabeça de Edson Carioca, aos 40 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Guarani terminou a Série B na décima colocação com 51 pontos, além de ter ficado invicto nas últimas quatro rodadas. Já a Chapecoense terminou em 14º, com 45 pontos. O time paulista segue com chances de ter uma vaga na Copa do Brasil pelo ranking da CBF.

A partida começou bastante movimentada com os dois times buscando espaços para chegar com perigo ao ataque. A primeira boa jogada veio pelos lados da Chapecoense. Aos 15 minutos, Fernando avançou pela esquerda e arriscou um chute cruzado, que passou perto do gol defendido por João Lopes.

A resposta do Guarani veio aos 23 minutos, quando Richard Rio bateu colocado da entrada da área, procurando o ângulo, mas a bola subiu demais. Nos minutos finais, o primeiro tempo ficou bastante faltoso e truncado no meio-campo, por isso o duelo foi mesmo para o intervalo com o empate sem gols.

Na volta do intervalo, os técnicos fizeram diversas mudanças, mas o ritmo da partida não aumentou. Aos sete, Marcelo Freitas recebeu de Chrystian e chutou de primeira no gol, mas a bola desviou na defesa e foi para escanteio. Já aos 25 minutos, Rafael que vinha fazendo sua estreia como profissional do Guarani, mandou uma bomba que saiu tirando tinta da trave.

Mas, depois de tanto tentar, o Guarani foi coroado com o gol da vitória aos 40 minutos. Depois de um cruzamento na área, Edson Carioca desviou de cabeça e mandou a bola para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Saulo.

Nos minutos finais, a Chapecoense não teve mais forças para responder e por isso, o time campineiro venceu mesmo por 1 a 0. Ao fim do jogo, Kevin, da Chapecoense, reclamou da arbitragem e foi expulso.