No primeiro de dois dias de competição em Saquarema (RJ), a seleção brasileira feminina de rugby sevens (rugby com sete atletas de cada lado) não deu chances às adversárias e avançou para a semifinal do Sul-Americano com três vitórias acachapantes. Foram apenas cinco pontos sofridos no total, com dois jogos com a defesa intacta. Agora, as Yaras encaram a , mirando o 20º título da competição em vinte participações. O duelo com as argentinas está marcado para as 10h44 deste sábado (11).

No rugby sevens, as partidas têm duração de 14 minutos, divididos em dois tempos de sete minutos cada. Assim que um jogo acaba, o outro começa imediatamente. Diante dos torcedores brasileiros no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema, a equipe brasileira simplesmente atropelou os demais três times do grupo A. A estreia foi com triunfo por 49 a 5 diante da Guatemala. As outras duas seleções não conseguiram pontuar contra o Brasil: vitórias por 37 a 0 contra o e 32 a 0 contra o Paraguai.

As Yaras avançaram em primeiro e o Paraguai ficou com a segunda vaga. No grupo B, a fechou em primeiro com a Argentina ficando em segundo e marcando encontro com o Brasil.

No primeiro de dois dias de competição em Saquarema (RJ), a seleção brasileira feminina de rugby sevens (rugby com sete atletas de cada lado) não deu chances às adversárias e avançou para a semifinal do Sul-Americano com três vitórias acachapantes. Foram apenas cinco pontos sofridos no total, com dois jogos com a defesa intacta. Agora, as Yaras encaram a Argentina, mirando o 20º título da competição em vinte participações. O duelo com as argentinas está marcado para as 10h44 deste sábado (11).

No rugby sevens, as partidas têm duração de 14 minutos, divididos em dois tempos de sete minutos cada. Assim que um jogo acaba, o outro começa imediatamente. Diante dos torcedores brasileiros no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema, a equipe brasileira simplesmente atropelou os demais três times do grupo A. A estreia foi com triunfo por 49 a 5 diante da Guatemala. As outras duas seleções não conseguiram pontuar contra o Brasil: vitórias por 37 a 0 contra o Uruguai e 32 a 0 contra o Paraguai.

As Yaras avançaram em primeiro e o Paraguai ficou com a segunda vaga. No grupo B, a Colômbia fechou em primeiro com a Argentina ficando em segundo e marcando encontro com o Brasil.