Esportes

São Paulo surpreende e anuncia saída de Doriva após 7 jogos

Há uma semana atrás veio a primeira vitória dentro do Morumbi

Diego Alves Publicado em 10/11/2015, às 01h08

None
doriva-sao-paulo_593mplpb9iq0136zllovblu93.jpg

Há uma semana atrás veio a primeira vitória dentro do Morumbi

O São Paulo anunciou no início da noite desta segunda-feira que Doriva não é mais o seu técnico. O comunicado foi feito pelo clube tricolor por meio de sua conta no Twitter, um dia depois da derrota de virada sofrida diante do Cruzeiro, por 2 a 1, no Mineirão.

Em apenas sete jogos no comando do São Paulo, Doriva, que foi contratado ainda na gestão do ex-presidente Carlos Miguel Aidar, colecionou duas vitórias, um empate e quatro derrotas, duas destas diante do Santos, na eliminação da Copa do Brasil. O treinador estreou mal com derrota por 2 a 0 para o Fluminense no Rio e empatou por 2 a 2 com o Vasco no Morumbi, ambas partidas pelo Brasileiro.

Em seguida, novamente em casa, levou 3 a 1 do Santos na abertura da semifinal da Copa do Brasil. A reação só veio na quarta partida no comando da equipe: vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba no Paraná. No entanto, logo em seguida, novo tropeço, outro 3 a 1 para o Santos, dessa vez na Vila Belmiro, e eliminação no torneio mata-mata.

Há uma semana atrás veio a primeira vitória dentro do Morumbi, com  futebol convincente e 3 a 0 diante do Sport. Mas nesse domingo, o placar de 2 a 1 diante do Cruzeiro em Belo Horizonte selou a queda de Doriva, que por meio de sua assessoria de imprensa se pronunciou.

"Gustavo me disse que queria criar um fato novo no São Paulo. E por isso fui demitido", afirmou pelo Twitter. A empresa afirma que tudo foi decidido muito rápido. "Doriva foi chamado pela diretoria hoje à tarde. Ele estava em Itu. Veio a capital e foi demitido em 5 minutos".

Em comunicado oficial, o São Paulo afirma que o coordenador técnico Milton Cruz assumirá o time nas quatro rodadas finais do Campeonato Brasileiro, contra Atlético-MG (no Morumbi), Corinthians (em Itaquera), Figueirense (no Morumbi) e Goiás (no Serra Dourada).

Jornal Midiamax