O que era para ser apenas um problema leve se transformou em dor de cabeça para o técnico Mano Menezes no Corinthians. Com elenco enxuto, o treinador recebeu a péssima notícia nesta sexta-feira (2) que só deve contar com o colombiano Diego Palacios no segundo semestre. Tudo por conta de lesão no menisco do joelho esquerdo.

Dessa forma, a jogador passará por uma artroscopia neste sábado (3) e pode se afastar dos campos por até 6 meses.

Um dos reforços para a atual temporada, o lateral-esquerdo deixou o gramado ainda no primeiro tempo de sua estreia, diante do São Bernardo, há uma semana, com dores no joelho. Então, o jogador saiu de campo carregado e, inicialmente, o clube tratou como um problema muscular leve. Após o joelho desinchar e com a realização de exames, a lesão acabou sendo detectada.

“O lateral-esquerdo Diego Palacios passou por exames de controle após a redução do edema do joelho – sofrido na partida do último sábado (27/01), diante do São Bernardo – e teve constatada, além da lesão muscular já informada, uma lesão meniscal aguda isolada no joelho esquerdo. Neste sábado, o atleta será submetido a uma artroscopia para a correção do problema no Hospital Albert Einstein”, informou o clube.

Palacios é aposta na esquerda com aposentadoria de Fábio Santos

Palacios era uma aposta para a esquerda com a aposentadoria de Fábio Santos e disputava a posição com Hugo sendo considerado uma opção mais ofensiva. Assim, com o problema, Victor Meer, campeão da Copa São Paulo de Juniores de apenas 19 anos, tende a subir para o elenco profissional.

As cirurgias de artroscopia costumam ter um tempo de recuperação menores em relação a outras intervenções no joelho. Há possibilidade de volta antes dos 6 meses previstos. Com 20 dias o jogador já segue para testes físicos, por exemplo.

Mas o Corinthians não pressionará seus médicos e fisioterapeutas para abreviar um retorno, como já fizera com outros atletas, como com a volta recorde de Renato Augusto em 2023 após três meses.